sicnot

Perfil

Mundo

Líder da Coreia do Norte apela ao reforço da força nuclear

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, apelou às forças armadas para que continuem a reforçar o sistema nuclear de Pyongyang, depois de ter ordenado novos testes de mísseis balísticos, anunciou esta segunda-feira a imprensa estatal.

O regime comunista disparou esta segunda-feira três mísseis a partir da sua costa leste, segundo as autoridades da Coreia do Sul, numa nova demonstração de força, quando líderes mundiais estão reunidos na cimeira do G20 na China.

"Ele sublinhou a necessidade de continuar a alcançar realizações milagrosas no reforço da força nuclear, uma após a outra, neste ano histórico", divulgou a KCNA, agência de notícias oficial de Pyongyang.

Kim estava a comandar um exercício militar destinado a verificar as "capacidades das unidades" e a fidelidade dos "mísseis balísticos melhorados destinados à ação", acrescentou.

O ministro da Defesa de Seul indicou que os mísseis devem ter um alcance de mil quilómetros e que eles foram disparados sem avisos à navegação ao Japão.

Descrevendo o comportamento dos mísseis como "perfeitos", a KNCA relatou que Kim expressou "grande satisfação sobre o bem-sucedido exercício de disparo de mísseis balísticos".

Lusa

  • Admissão de efetivos nas Forças Armadas aquém do pedido pelas chefias
    1:42

    País

    O Ministério das Finanças autorizou a admissão de mais efetivos nas forças armadas, este ano mas a integração fica muito abaixo do número pedido pelas chefias militares. Mário Centeno só terá autorizado a integração de cerca de três mil militares em vez das cinco mil vagas propostas pelas chefias do Exército, Força Aérea e Marinha.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08