sicnot

Perfil

Mundo

Sonda localiza robô Philae desaparecido há quase dois anos

As câmeras da sonda espacial Rosetta localizaram o robô Philae pela primeira vez desde que este aterrou no cometa 67P em novembro de 2014. A informação foi divulgada esta segunda-feira pela Agência Espacial Europeia.

O Philae estava em parte incerta desde novembro de 2014, depois de ter sido lançado para recolher dados sobre a superfície do 67P, e sabe-se que desde julho do ano passado tem estado em "hibernação".

Através das imagens agora recolhidas é possível perceber que o pequeno robô ficou preso numa fenda.

"Menos de um mês antes do final da missão, a câmera de alta resolução da Rosetta revelou o local em que Philae pousou, uma fenda escura do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko", informou a agência em comunicado.

Já a Rosetta, responsável por este achado, terminará a sua misssão no dia 30 de setembro, depois de 12 anos de viagem espacial, viagem essa que permitiu avanços no conhecimento destes corpos celestes.


  • Novas buscas no Universo Espírito Santo

    Queda do BES

    O Ministério Público voltou a fazer buscas no âmbito dos processos do Universo Espírito Santo. A SIC sabe que ontem e hoje os investigadores recolheram provas em diversos locais do continente e também na Madeira, nomeadamente em residências, empresas e entidades bancárias.

    Notícia SIC

  • Visitar a região afetada pelo fogos é uma forma de ajudar na recuperação
    3:07
  • Carvalhal do Sapo tenta recuperar a vida normal após incêndio
    2:33

    País

    As populações das aldeias de Góis tentam voltar à normalidade, ao fim de vários dias rodeadas por um grande dispositivo de operacionais. A repórter Cristina Freitas esteve hoje em Carvalhal do Sapo, onde se realizou mais um funeral de uma das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande.

  • Falta de médicos e de ofertas de emprego preocupa habitantes da Guarda
    5:13
  • "Do ponto de vista interno a candidatura do Porto é a melhor" 
    0:50

    País

    António Costa admite que a candidatura da cidade do Porto para receber a Agência Europeia do Medicamento seria a melhor para Portugal. No entanto o primeiro-ministro diz que é preciso avaliar se a candidatura do Porto é a que tem mais hipóteses de ganhar, quando comparada com outras cidades europeias. 

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43