sicnot

Perfil

Mundo

Apagar a memória para tratar o vício da cocaína

© Brian Snyder / Reuters

Uma nova terapia está a gerar novas expectativas no tratamento dos toxicodependentes, através da eliminação da memória.

O tratamento, ainda em fase experimental, está a ser desenvolvido por investigadores da Universidade de Cardiff e é publicado na revista eLife. Promete limpar as memórias associadas ao efeito da cocaína - uma das razões peças quais os seus utilizadores a consideram uma droga tão aditiva.

Este tipo de droga causa um aumento da dopamina no cérebro e cria uma sensação de euforia e compulsão, relacionado com o sistema límbico - responsável pelo prazer e pela motivação.

Em experiências de laboratório com ratinhos viciados em cocaína, a equipa de investigação descobriu que, ao dar-lhes a molécula PD325901, eles agiam como se nunca tivessem sido viciados ou tomado sequer a droga. A explicação é a de que os circuitos cerebrais associados ao prazer tinham sido apagados.

  • 81 deslocados em Mação devido ao fogo
    2:46
  • Alcongosta ficou sem água, luz e telecomunicações
    2:28

    País

    O incêndio na Serra da Gardunha está dominado, mas as aldeias que estiveram rodeadas pelo fogo ainda não regressaram à normalidade. Falta água, luz e telecomunicações no sopé de uma mancha enorme de terra queimada. O fogo destruiu ainda uma floresta na Serra da Gardunha e um antigo colégio.

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04
  • GNR resgata 45 sírios no mar Egeu
    2:28

    Crise Migratória na Europa

    A Guarda Nacional Republicana já resgatou quase 300 migrantes no mar Egeu, ao largo da Grécia, desde o início de maio. Esta quarta-feira de madrugada, os militares salvaram 45 sírios que tentavam chegar à Grécia numa embarcação de borracha.