sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 110 pessoas bloqueadas nos Alpes a 3.800 metros de altitude

© Arnd Wiegmann / Reuters

Cerca de 110 pessoas permaneciam esta quinta-feira bloqueadas em cabines de teleféricos sobre os glaciares do Monte Branco, nos Alpes, a 3.800 metros de altitude, e deveriam ser transportadas de helicóptero para o vale, referiram fontes locais.

"Cento e dez pessoas estão bloqueadas a 3.800 metros de altitude no teleférico" que liga Ainguille do Mido (3.842 metros), do lado francês, à Pointe Helbronner (3.462 metros), e que assinala a fronteira com a Itália, indicou Georges-François Leclerc, perfeito da Alta-Sabóia, citado pela agência noticiosa France-Presse (AFP).

Um cruzamento de cabos, ocorrido pelas 16:00 locais (15:00 em Lisboa) "por razões inexplicáveis" está na origem do incidente, e os funcionários da companhia do Monte Branco ainda não tinham conseguido reparar a avaria, referiu à AFP Mathieu Dechavanne, responsável pela empresa de gestão das cabines teleféricas.

A operação helitransportada, que envolve três helicópteros, suíço, francês e italiano, foi então decidida. "Vai durar algum tempo mas as condições atmosféricas são boas", precisou Dechavanne.

"Estamos em contacto com os clientes. Têm água e meios de comunicação mas começam a queixar-se do tempo de espera", acrescentou.

Os teleféricos "Panorama Monte Branco" atravessam os glaciares do Vale Branco e permitem percorrer o maciço do Monte Branco, que culmina a 4.810 metros, desde França e em direção a Itália. Cada cabine dispõe de quatro lugares.

Lusa

  • Primeiro-ministro agradece sacrifícios dos portugueses
    0:46

    Economia

    O primeiro-ministro diz que os números do INE em relação ao défice de 2016 são prova de que havia uma alternativa e deixou uma palavra de agradecimento aos portugueses. As declarações de António Costa foram feiras aos jornalistas em Roma, onde se encontra para assinalar no sábado os 60 anos da União Europeia.

  • Jerónimo diz que UE vai continuar a causar constrangimentos a Portugal
    0:35

    Economia

    Esta sexta-feira na inauguração de uma exposição em Almada que denuncia a precariedade dos postos de trabalho, Jerónimo de Sousa falou sobre o défice de 2016. Para o secretário-geral do PCP, apesar do Governo ter ido além do exigido por Bruxelas, a União Europeia vai continuar a impedir Portugal de crescer.

  • Enfermeiros desconvocam greve

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) desconvocou esta sexta-feira a greve geral nacional marcada para quinta e sexta-feira da próxima semana, anunciou o presidente da estrutura, justificando com os compromissos assumidos pelo Ministério da Saúde.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33

    País

    O Comissário Europeu da Saúde defende uma proibição total do consumo de tabaco no espaço público. Esta e outras medidas foram defendidas, ontem, na Conferência Tabaco e Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 

  • Visitar o Titanic vai custar 97 mil euros por pessoa

    Mundo

    Uma viagem a bordo do Titanic em 1912 era considerada uma viagem de luxo. Mais de 100 anos depois, continua a ser um luxo visitar o Titanic. Em 2018, vai ser possível conhecer os restos daquele que em tempos foi o maior navio do mundo. Contudo, nem todos vão poder fazê-lo, pois a viagem irá custar cerca de 97 mil euros por pessoa.