sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 110 pessoas bloqueadas nos Alpes a 3.800 metros de altitude

© Arnd Wiegmann / Reuters

Cerca de 110 pessoas permaneciam esta quinta-feira bloqueadas em cabines de teleféricos sobre os glaciares do Monte Branco, nos Alpes, a 3.800 metros de altitude, e deveriam ser transportadas de helicóptero para o vale, referiram fontes locais.

"Cento e dez pessoas estão bloqueadas a 3.800 metros de altitude no teleférico" que liga Ainguille do Mido (3.842 metros), do lado francês, à Pointe Helbronner (3.462 metros), e que assinala a fronteira com a Itália, indicou Georges-François Leclerc, perfeito da Alta-Sabóia, citado pela agência noticiosa France-Presse (AFP).

Um cruzamento de cabos, ocorrido pelas 16:00 locais (15:00 em Lisboa) "por razões inexplicáveis" está na origem do incidente, e os funcionários da companhia do Monte Branco ainda não tinham conseguido reparar a avaria, referiu à AFP Mathieu Dechavanne, responsável pela empresa de gestão das cabines teleféricas.

A operação helitransportada, que envolve três helicópteros, suíço, francês e italiano, foi então decidida. "Vai durar algum tempo mas as condições atmosféricas são boas", precisou Dechavanne.

"Estamos em contacto com os clientes. Têm água e meios de comunicação mas começam a queixar-se do tempo de espera", acrescentou.

Os teleféricos "Panorama Monte Branco" atravessam os glaciares do Vale Branco e permitem percorrer o maciço do Monte Branco, que culmina a 4.810 metros, desde França e em direção a Itália. Cada cabine dispõe de quatro lugares.

Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.