sicnot

Perfil

Mundo

Chefes da diplomacia dos EUA e Rússia debatem sexta-feira conflito na Síria

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, reúne-se na sexta-feira, em Genebra, com o seu homólogo russo, Serguei Lavrov, para falarem sobre a redução da violência na Síria, aumento da ajuda humanitária e uma solução política para o conflito.

Segundo o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby, John Kerry visitará Genebra hoje e sexta-feira, quando vai retomar o diálogo com a Rússia sobre a Síria.

"O encontro vai centrar-se na redução da violência, no aumento da ajuda humanitária ao povo sírio e a uma solução política necessária para acabar com a guerra civil", detalhou, em comunicado, John Kirby.

O porta-voz adjunto do Departamento de Estado, Mark Toner, tinha afirmado hoje que uma reunião de alto nível com a Rússia não seria "útil", depois de as autoridades russas confirmarem um encontro entre os dois chefes da diplomacia.

Os Estados Unidos e a Rússia têm mantido um intenso diálogo, incluído no fim de semana passado na China, durante a cimeira do G20, para conseguir um acordo de cessar-fogo para a Síria.

Os Estados Unidos defendem um cessar-fogo em todo o território da Síria, o que incluiria as tropas governamentais, mas a Rússia tem mostrado alguma resistência e tem pedido a Washington para se concentrar em acabar com o grupo extremista Estado Islâmico.

Hoje, o enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, e o chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, reuniram-se durante cerca de meia hora em Genebra para tratar do conflito.

Lusa

  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser "derrotada como todos os outros"

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • António Guterres, "o governante mais amado desde sempre em democracia"
    2:27

    País

    António Guterres foi distinguido com o grau de honoris causa pela Universidade de Lisboa. A cerimónia decorreu esta manhã e contou com a presença do Presidente da República e do primeiro-ministro. Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que Guterres foi o governante mais amado da democracia portuguesa.