sicnot

Perfil

Mundo

15 anos do 11 de Setembro assinalados em Nova Iorque

Os Estados Unidos assinalaram hoje os 15 anos dos atentados de 11 de setembro com um momento de silêncio no local onde se situavam as Torres Gémeas em Nova Iorque, o Ground Zero, onde quase 3.000 pessoas morreram.

Os candidatos presidenciais Hillary Clinton e Donald Trump interromperam as suas campanhas eleitorais para participarem na cerimónia juntamente com a polícia e familiares das vítimas no memorial do 11 de Setembro.

Os ataques da Al-Qaida mataram 2.753 pessoas em Nova Iorque, 184 no Pentágono em Washington e 40 no voo 93, que caiu num campo na Pensilvânia, depois de passageiros e tripulantes se terem voltado contra os sequestradores.

O Presidente Barack Obama, que assinalou a data com a sua família na Casa Branca, discursará numa cerimónia no Pentágono.

O primeiro dos seis momentos de silêncio previstos nos Estados Unidos foi cumprido às 08:46 (13:46 em Lisboa), a hora a que o primeiro avião embateu na Torre Norte do World Trade Center.

A cerimónia também registou uma interrupção para assinalar a hora a que o segundo avião atingiu a Torre Sul. Outros momentos de silêncio ocorrerão às horas em que cada uma das torres se desmoronou, bem como quando o Pentágono foi atacado e quando o voo 93 se despenhou na Pensilvânia.

Em Nova Iorque, a polícia e familiares dos que morreram no World Trade Center leram, como fazem todos os anos, os nomes das vítimas.

"O 11 de Setembro de 2001 tocou todos os nova-iorquinos, mas os terroristas não levaram a melhor porque 15 anos depois somos fortes e estamos unidos", escreveu o presidente da Câmara de Nova Iorque, Bill de Blasio, na rede social de mensagens curtas Twitter.

Lusa

  • O que aconteceu na Casa Branca durante o 11 de setembro
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos da América preparam-se para assinalar no domingo os 15 anos do 11 de setembro. O que aconteceu nesse dia na Casa Branca acaba de ser revelado. O então secretário de imprensa do Presidente George W. Bush decidiu divulgar esta sexta-feira publicamente as notas que foi tomando.

  • Bombeiros do 11 de setembro homenageados em Nova Iorque
    0:38

    Mundo

    Os 343 bombeiros que morreram há 15 anos, nos ataques às torres gémeas, foram homenageados este sábado, na Catedral de Saint Patricks em Nova Iorque. Centenas de familiares dos bombeiros desaparecidos e também dos que sobreviveram recordaram a coragem e o sacrifício que os tornaram heróis nacionais. Cada um dos nomes dos 343 bombeiros foi sendo referido, à medida que decorria a missa.

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.