sicnot

Perfil

Mundo

15 anos do 11 de Setembro assinalados em Nova Iorque

Os Estados Unidos assinalaram hoje os 15 anos dos atentados de 11 de setembro com um momento de silêncio no local onde se situavam as Torres Gémeas em Nova Iorque, o Ground Zero, onde quase 3.000 pessoas morreram.

Os candidatos presidenciais Hillary Clinton e Donald Trump interromperam as suas campanhas eleitorais para participarem na cerimónia juntamente com a polícia e familiares das vítimas no memorial do 11 de Setembro.

Os ataques da Al-Qaida mataram 2.753 pessoas em Nova Iorque, 184 no Pentágono em Washington e 40 no voo 93, que caiu num campo na Pensilvânia, depois de passageiros e tripulantes se terem voltado contra os sequestradores.

O Presidente Barack Obama, que assinalou a data com a sua família na Casa Branca, discursará numa cerimónia no Pentágono.

O primeiro dos seis momentos de silêncio previstos nos Estados Unidos foi cumprido às 08:46 (13:46 em Lisboa), a hora a que o primeiro avião embateu na Torre Norte do World Trade Center.

A cerimónia também registou uma interrupção para assinalar a hora a que o segundo avião atingiu a Torre Sul. Outros momentos de silêncio ocorrerão às horas em que cada uma das torres se desmoronou, bem como quando o Pentágono foi atacado e quando o voo 93 se despenhou na Pensilvânia.

Em Nova Iorque, a polícia e familiares dos que morreram no World Trade Center leram, como fazem todos os anos, os nomes das vítimas.

"O 11 de Setembro de 2001 tocou todos os nova-iorquinos, mas os terroristas não levaram a melhor porque 15 anos depois somos fortes e estamos unidos", escreveu o presidente da Câmara de Nova Iorque, Bill de Blasio, na rede social de mensagens curtas Twitter.

Lusa

  • O que aconteceu na Casa Branca durante o 11 de setembro
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos da América preparam-se para assinalar no domingo os 15 anos do 11 de setembro. O que aconteceu nesse dia na Casa Branca acaba de ser revelado. O então secretário de imprensa do Presidente George W. Bush decidiu divulgar esta sexta-feira publicamente as notas que foi tomando.

  • Bombeiros do 11 de setembro homenageados em Nova Iorque
    0:38

    Mundo

    Os 343 bombeiros que morreram há 15 anos, nos ataques às torres gémeas, foram homenageados este sábado, na Catedral de Saint Patricks em Nova Iorque. Centenas de familiares dos bombeiros desaparecidos e também dos que sobreviveram recordaram a coragem e o sacrifício que os tornaram heróis nacionais. Cada um dos nomes dos 343 bombeiros foi sendo referido, à medida que decorria a missa.

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.