sicnot

Perfil

Mundo

Irão saúda acordo de tréguas conseguido por russos e norte-americanos

O Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano saudou hoje o acordo de tréguas russo-norte-americano para a Síria, apelando à criação de um "mecanismo de vigilância" para evitar que o cessar-fogo seja explorado pelos "terroristas".

"O Irão saúda o estabelecimento de qualquer trégua na Síria e a facilitação do acesso à ajuda humanitária para todas as pessoas deste país", declarou o porta-voz do ministério, Bahram Ghasemi.

O responsável alertou que a experiência de há alguns meses, numa referência às tréguas temporárias iniciadas em final de fevereiro, foi que alguns "grupos terroristas" aproveitaram a oportunidade para "reavivar o seu poder e transferir combatentes e armas".

Considerou assim que o sucesso deste acordo "depende da criação de um mecanismo de vigilância global, em particular do controlo das fronteiras para travar a chegada de novos terroristas".

Ghasemi disse ainda que o Irão, um dos principais apoiantes do presidente sírio, Bashar al-Assad, sempre apelou para que fosse encontrada uma solução política para o conflito.

O acordo anunciado na sexta-feira pelos chefes da diplomacia norte-americana e russa diz respeito a uma trégua que deve começar na segunda-feira e que deverá levar a uma cooperação militar inédita contra os 'jihadistas', nomeadamente o grupo Estado Islâmico, mas também a Frente Fateh al-Sham (ex-Frente al-Nusra que renunciou à filiação à Al-Qaida).

O conflito na Síria, iniciado em 2011 após a repressão de manifestações pacíficas contra o regime, já causou mais de 290.000 mortos e obrigou milhões a abandonarem as suas casas.

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.