sicnot

Perfil

Mundo

Milhares manifestam-se no México contra casamento entre pessoas do mesmo sexo

© Daniel Becerril / Reuters

Milhares de pessoas manifestaram-se no sábado em 120 cidades do México para protestar contra a iniciativa do Presidente Enrique Peña Nieto para reconhecer na Constituição o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Com palavras de ordem como "casamento deve ser entre homem e mulher", ou "ninguém nasceu de uma relação gay", os manifestantes, convocados por associações civis da Frente Nacional pela Família, percorreram as ruas de 29 estados, vestidos de branco e com balões coloridos.

Os cartazes e mensagens apoiavam o conceito de "família tradicional" e criticavam a iniciativa apresentada em maio pelo presidente a favor do casamento igualitário, apoiado no país pelo Supremo Tribunal de Justiça.

A iniciativa, que gerou fortes críticas da igreja católica, atualmente aguarda o debate no Congresso, e o partido no poder -- Partido Revolucionário Institucional (PRI) -- disse há algumas semanas que o tema não está "entre as prioridades" da próxima sessão legislativa.

Em Guadalajara, capital do estado ocidental de Jalisco, o coordenador da Frente, Jaime Cedillo, disse à Efe que não estão contra a união de homossexuais, mas contra isso ser equiparado ao matrimónio entre um homem e uma mulher.

A Frente Nacional para a Família prevê realizar, a 24 de setembro, uma manifestação nacional na capital mexicana.

Lusa

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.