sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 90 mortos em bombardeamentos na Síria após acordo de cessar-fogo

© Ammar Abdullah / Reuters

Pelo menos 90 pessoas morreram na sequência de bombardeamentos de aviões não identificados no norte da Síria, horas depois de os EUA e Rússia terem concluído um acordo de cessar-fogo para entrar em vigor dia 12, informou o OSDH.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), organização não-governamental com sede no Reino Unido, informou que 58 pessoas morreram num ataque aéreo no mercado da cidade de Idlib e que outras 32 foram mortas quando aviões de combate bombardearam a província de Alepo.

As primeiras informações do OSDH indicavam 24 vítimas e vários feridos nos bombardeamentos na cidade de Idlib.

Também houve bombardeamentos noutras partes da província de Idlib, e nas imediações da cidade de Yisr al Shogur, nas áreas de Ain al Baida e Hambushia, e na cidade de Badama.

Lusa

  • Cinco anos de guerra na Síria
    2:01

    Mundo

    A revolta na Síria começou em 2011 com manifestações pacíficas contra o regime do presidente Bashar al-Assad. Mas a escalada da violência e a repressão que o governo exerceu sobre os protestos, levaram a uma guerra civil que já matou 250 mil sírios.

  • Assembleia-geral do Sporting marcada para 23 de junho
    2:57
  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • Juiz impede acesso a informações bancárias e e-mails de António Mexia
    1:50

    País

    No inquérito crime que investiga a EDP, continua um braço de ferro entre o Ministério Público e o juiz de instrução. O magistrado voltou a negar o acesso a informações bancárias e a e-mails de António Mexia, que constavam dos processos da Operação Marquês e do universo Espírito Santo.

  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC