sicnot

Perfil

Mundo

A única árvore que sobreviveu aos atentados de 11 de Setembro

© AP

Tinha (quase) tudo para não resistir. Foi o último ser vivo a ser resgatado dos escombros do World Trade Center, após os atentados do 11 de Setembro.

Foi batizada "Árvore Sobrevivente".

Três semanas após os ataques, foi descoberta entre os destroços uma pereira-de-jardim, árvore da espécie Pyrus Calleryana. Foi a única que sobreviveu entre centenas de exemplares.

Estava coberta de cinza, queimada e aparentemente sem vida. Ficou reduzida a menos de 2 metros e meio. Tinha na altura cerca de 30 anos.

O "The New York Times" escreveu que "um olhar menos atento teria pensado que a árvore estaria sem vida".

Foi levada para um viveiro em Bronx, Nova Iorque, onde esteve a ser tratada, durante anos.

Em 2010, já com 10 metros de altura, voltou a "casa" aquando da construção do Memorial e Museu Nacional do 11 de Setembro.

© Reuters

Nesse mesmo ano a "Árvore Sobrevivente" resistiu a uma tempestade. Michael Bloomberg, na altura Mayor de Nova Iorque, chegou a chamar-lhe "símbolo de resiliência da cidade".

A famosa pereira-de-jardim tornou-se ainda estrela de um documentário que estreou em 2014, "The Trees".

Durante cinco anos, Scott Elliott, seguiu a construção da parte paisagística do memorial e realizou o filme que regista, além da plantação de 420 carvalhos brancos dos pântanos, o regresso da "Árvore Sobrevivente".

A história tinha-se tornado quase mitológica. Sabia-se da existência da pereira mas desconhecia-se para onde tinha sido levada. Quem projetou o memorial sabia que este não estaria completo sem ela.

Este excerto do documentário "The Trees" conta toda a história.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.