sicnot

Perfil

Mundo

Cabeleireira norueguesa multada por recusar cliente com lenço na cabeça

A justiça norueguesa multou uma cabeleireira local em mil euros após ter sido condenada por discriminação por ter recusado atender uma cliente muçulmana que usava um lenço na cabeça, noticia esta segunda-feira a imprensa de Oslo.

Segundo os relatos da comunicação social norueguesa, Merete Hodne arriscava uma pena de prisão até seis meses por discriminação religiosa, depois de, em outubro de 2015, ter recusado atender Malika Bayan num salão de cabeleireiro em Bryne, uma pequena cidade no sudoeste de Noruega.

"O tribunal não tem qualquer dúvida que a acusada agiu intencionalmente, que discriminou deliberadamente Malika Bayan ao expulsá-la do salão porque ela é muçulmana", argumentou o juiz, que impôs uma multa de 10.000 coroas norueguesas ((1.075 euros), obrigando ainda Merete Hodne a pagar 5.000 coroas norueguesas (537,50 euros) de custas.

O advogado da acusada indicou entretanto a intenção da Merete Hodne, 47 anos, de recorrer da decisão.

No julgamento, Merete Hodne disse ter visto o lenço na cabeça não como um símbolo religioso mas sim como político representando uma ideologia que a assusta.

"Vi-o como um símbolo totalitarista. Quando vejo um hijab (lenço), não penso em religião, mas em regimes de ideologia totalitária", disse Merete Hodne aos juízes, acrescentando ter dito a Malika Bayan, 24 anos, para procurar outro estabelecimento.

Lusa

  • Primeiro eclipse solar 100% visível nos EUA em 38 anos
    0:40
  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • Campanha eleitoral em Angola chega hoje ao fim

    Mundo

    Os candidatos às eleições gerais angolanas de quarta-feira terminam hoje um mês de campanha, com milhares de quilómetros percorridos, uma breve aparição de José Eduardo dos Santos e as possíveis coligações em destaque.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.