sicnot

Perfil

Mundo

Cabeleireira norueguesa multada por recusar cliente com lenço na cabeça

A justiça norueguesa multou uma cabeleireira local em mil euros após ter sido condenada por discriminação por ter recusado atender uma cliente muçulmana que usava um lenço na cabeça, noticia esta segunda-feira a imprensa de Oslo.

Segundo os relatos da comunicação social norueguesa, Merete Hodne arriscava uma pena de prisão até seis meses por discriminação religiosa, depois de, em outubro de 2015, ter recusado atender Malika Bayan num salão de cabeleireiro em Bryne, uma pequena cidade no sudoeste de Noruega.

"O tribunal não tem qualquer dúvida que a acusada agiu intencionalmente, que discriminou deliberadamente Malika Bayan ao expulsá-la do salão porque ela é muçulmana", argumentou o juiz, que impôs uma multa de 10.000 coroas norueguesas ((1.075 euros), obrigando ainda Merete Hodne a pagar 5.000 coroas norueguesas (537,50 euros) de custas.

O advogado da acusada indicou entretanto a intenção da Merete Hodne, 47 anos, de recorrer da decisão.

No julgamento, Merete Hodne disse ter visto o lenço na cabeça não como um símbolo religioso mas sim como político representando uma ideologia que a assusta.

"Vi-o como um símbolo totalitarista. Quando vejo um hijab (lenço), não penso em religião, mas em regimes de ideologia totalitária", disse Merete Hodne aos juízes, acrescentando ter dito a Malika Bayan, 24 anos, para procurar outro estabelecimento.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.