sicnot

Perfil

Mundo

Grandes terramotos são mais prováveis quando há Lua nova ou cheia

© Asahi Shimbun / Reuters

Os grandes terramotos são mais prováveis quando há marés altas ou vivas, isto é, nas fases de Lua nova ou Lua cheia, segundo um estudo publicado esta segunda-feira na revista Nature Geoscience.

Uma equipa dirigida pelo académico japonês Satoshi Ide, da Universidade de Tóquio, realizou experiências que fornecem provas práticas deste fenómeno, que até agora se intuía mas sem ter sido demonstrado.

Satoshi Ide e os colegas recriaram o tamanho e a amplitude da "força de maré" - um efeito da força da gravidade que é responsável pela existência das marés - registada nas duas semanas anteriores a vários grandes terramotos (com magnitudes de 5,5 ou superiores).

Os cientistas identificaram uma correlação entre as forças de maré e os grandes terramotos, embora não a tenham detetado com os sismos de pequena intensidade.

Comprovaram que grandes terramotos como o de Sumatra (Indonésia) em 204, Maule (Chile) em 2010 e Tohoku-oki (Japão) em 2011 ocorreram em momentos de uma grande amplitude da força de maré alta.

A equipa de investigadores descobriu igualmente que a proporção de grandes terramotos, em comparação com os pequenos, aumenta em relação direta com os aumentos da amplitude da força de maré.

A ciência não conseguiu ainda explicar totalmente como se iniciam e como se desenrolam os grandes sismos, mas crê-se que aumentam em cascata, a partir de uma fratura pequena numa placa tectónica que se transforma numa grande greta.

Os autores do estudo sublinham na Nature Geoscience que, se tal é assim, o seu estudo indica que a probabilidade de que uma pequena fratura alastre até se tornar uma grande fresta aumenta durante as marés altas ou vivas.

Em consequência, um maior conhecimento da força de marés em regiões sísmicas poderá contribuir para uma melhor previsão da probabilidade de ocorrência de terramotos, sustentam os cientistas.

Lusa

  • Porque acontecem os sismos

    Sismo em Itália

    A crosta terrestre está dividida em várias placas rígidas que estão em constante movimento. Quando estas placas chocam, crescem esforços de deformação nas rochas e nesses pontos acontecem os grandes terramotos.

  • Lua e Sol causam terramotos na Califórnia

    Mundo

    A atração gravitacional da Lua e do Sol podem causar terramotos de baixa frequência na Falha de Santo André, na Califórnia. É a conclusão de um estudo publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences, segundo o qual esta "dança" entre o Sol e a Lua poderá ajudar a prever grandes sismos na região.

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.