sicnot

Perfil

Mundo

Acusação pede 3 anos prisão para ex-ministro francês por fraude e branqueamento

© Charles Platiau / Reuters

Uma representante do Ministério Público francês pediu hoje a condenação a três anos de prisão efetiva do ex-ministro do Orçamento Jérôme Cahuzac por fraude fiscal e branqueamento.

Segundo a agência France-Presse, a procuradora Eliane Houlette afirmou em tribunal que a pena pedida constitui o único castigo justo para "a traição" de "sacrificar todos os princípios à avidez do lucro".

A acusação pediu ainda a condenação da mulher do ex-ministro, Patricia Cahuzac, a dois anos de prisão efetiva por ter "ultrapassado" o marido "na dissimulação de bens perante o fisco".

Cahuzac, 64 anos, está a ser julgado desde 5 de setembro em Paris por fraude fiscal, incorrendo numa pena de sete anos de prisão e multa de um milhão de euros.

O caso remonta a janeiro de 2013, quando o site "Mediapart", dirigido pelo ex-diretor do jornal Le Monde, Edwy Plenel, divulgou uma gravação de uma conversa telefónica atribuída a Cahuzac, na qual este se mostrava preocupado com a possibilidade da revelação da existência de uma conta em seu nome no banco UPS, em Genebra.

O então ministro negou repetidamente as acusações, incluindo perante a Assembleia Nacional, mas em abril do mesmo ano demitiu-se e admitiu ter mentido sobre a conta no estrangeiro, que detinha há cerca de 20 anos.

O diário suíço Le Temps noticiou na altura que uma investigação judicial realizada na Suíça permitiu detetar a conta do ex-ministro, depois de buscas efetuadas ao banco UBS e ao pequeno banco privado Reyl et Cie, conhecido pela sua clientela não suíça.

Segundo o jornal, foram as conclusões da investigação que levaram à mudança de posição de Cahuzac e à sua confissão.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.