sicnot

Perfil

Mundo

Hipóteses de ex-presidente israelita sobreviver a AVC são "muito boas"

As hipóteses de sobrevivência do ex-presidente de Israel Shimon Peres são "muito boas", disse hoje o seu médico pessoal e genro, um dia depois depois de o Nobel da Paz ter sofrido um AVC.

"A sua condição é crítica, mas estável", disse Raphy Walden aos jornalistas, numa videoconferência.

"As hipóteses de sobrevivência são muito boas", acrescentou.

Shimon Peres, de 93 anos, foi hospitalizado na terça-feira perto de Telavive após um um acidente vascular cerebral (AVC), indicou o seu gabinete em comunicado.

Inicialmente, o gabinete do antigo presidente indicou que Peres fora "internado no hospital Tel-Hashomer na sequência de um acidente vascular cerebral", que o seu estado era estável e se encontrava consciente e "a receber o tratamento adequado", mas depois atualizou a informação, afirmando que Peres "foi sedado e está a respirar com a ajuda de um ventilador".

Peres teve em janeiro dois problemas cardíacos em dez dias e foi hospitalizado das duas vezes.

Um dos artífices dos acordos de paz de Oslo, em 1993, Shimon Peres recebeu o prémio Nobel da Paz em 1994, juntamente com o ex-primeiro-ministro israelita Yitzhak Rabin e o então presidente da Autoridade Palestiniana Yasser Arafat, ambos já falecidos.

Último político vivo da geração dos pais fundadores de Israel, Shimon Peres, ministro de muitos governos, assumiu diversas vezes o cargo de primeiro-ministro e depois o de Presidente do Estado de Israel, entre 2007 e 2014.

Aos 93 anos, tem-se mantido ativo através do seu Centro Peres para a Paz, que promove a coexistência entre judeus e árabes.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.