sicnot

Perfil

Mundo

Venezuela recusa acusações da ONU de desrespeito dos direitos humanos

A Venezuela acusou esta quarta-feira o Alto-comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra'ad Al Hussein, de desconhecer a realidade venezuelana e insistiu que os direitos humanos são respeitados, mais que nunca, no país.

A posição da Venezuela foi divulgada um dia depois de Zeid Ra'ad Al Hussein ter acusado o Governo da Venezuela de impedir a entrada de peritos em direitos humanos para monitorizar e investigar garantias básicas naquele país.

" Na Venezuela está garantido, como nunca antes na história, o pleno exercício de todos os direitos humanos e as liberdades fundamentais. Somos exemplo de tolerância política", disse o representante venezuelano na ONU.

Jorge Valero falava durante o 33.º Conselho de Direitos Humanos da ONU, que decorre em Genebra, tendo vincado que, na Venezuela, "todas as pessoas se expressam livremente, com total liberdade, ninguém tem sido detido por exercer este direito".

"Há uma campanha internacional contra o meu país. A Venezuela tem dado informação verdadeira ao escritório do Alto Comissionado", denunciou.

Zeid Ra'ad Al Hussein acusou, terça-feira, o Governo da Venezuela de impedir a entrada de peritos nesta matéria para monitorizar e investigar garantias básicas naquele país.

"As violações dos Direitos Humanos não vão desaparecer se um Governo bloqueia o acesso a observadores internacionais e depois investe numa campanha de relações públicas para compensar a publicidade não desejada", disse.

"Nos últimos dos anos e meio, a Venezuela tem-se recusado inclusive a emitir um visto ao meu representante regional. A sua prolongada recusa de acesso ao nosso pessoal é particularmente surpreendente à luz de graves preocupações em relação a acusações de repressão de vozes da oposição e de grupos da sociedade civil, de detenções arbitrárias, uso excessivo da força contra manifestações pacíficas, entre outras coisas", declarou.

Perante representantes de 190 Estados-membros, o alto-comissário lamentou que alguns Governos justifiquem a falta de cooperação em matéria de direitos humanos, dizendo que estariam a ser usados como pretexto para intervir nos assuntos soberanos das Nações.

Lusa

  • Sporting de Braga afastado da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting de Braga derrotou esta quinta-feira o Marselha, em Braga, por 1-0, na segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa. Um triunfo insuficiente para o apuramento, depois do desaire da equipa minhota em França (3-0).

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • "O dia a dia na Síria também é lutar por um pão"
    10:13

    Mundo

    Desde domingo que os bombardeamentos do regime sírio a Ghouta já fizeram mais de 400 mortos. Ghouta é o último reduto rebelde nos arredores da capital da síria, onde as forças fiéis a Bashar Al Assad iniciaram no domingo uma intervenção militar de larga escala. Cândida Pinto, editora de Internacional da SIC, e a psicóloga Maria Palha, que já esteve na Síria ao serviço dos Médicos Sem Fronteiras, estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre o assunto.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Proposta de um cessar-fogo na Síria sem acordo

    Mundo

    O embaixador da Rússia junto das Nações Unidas afirmou esta quinta-feira que os 15 membros do Conselho de Segurança não alcançaram um acordo para aprovar um cessar-fogo de 30 dias na Síria, proposta negociada há mais de duas semanas.