sicnot

Perfil

Mundo

Turquia planeia construir 174 novas prisões devido ao aumento de detidos

A Turquia planeia construir 174 estabelecimentos prisionais nos próximos cinco anos para fazer face ao "aumento inesperado do número de reclusos", anunciou esta quinta-feira o Ministério da Justiça turco em comunicado.

Segundo o diário Hürriyet Daily News, as prisões turcas estão sobrelotadas pelos milhares de pessoas detidas por suspeita de estarem ligadas às redes do líder religioso Fethullah Gülen, acusado de estar por detrás da tentativa de golpe de Estado de 15 de julho.

Os centros penitenciários planeados teriam em conjunto capacidade para mais de cem mil presos.

No dia 17 de agosto, o Governo turco abriu caminho, com um decreto ao abrigo do estado de emergência, para dar liberdade condicional a 38 mil detidos para abrir espaço para os mais de 23 mil detidos na limpeza efetuada sobretudo em instituições estatais.

Em muitos casos "foram metidos seis ou nove presos em celas de dez metros quadrados, pensadas para apenas um recluso", assegurou na altura à Efe um advogados dos acusados, Efkan Albayrak.

Muitos outros estão amontoados em polidesportivos, dependências policiais e até estábulos, segundo foi denunciado pela Amnistia Internacional (AI).

Antes do golpe falhado e da grande onda de detenções que se seguiu, o Partido Republicano do Povo (CHP), da oposição, já havia denunciado a saturação das prisões turcas e o enorme aumento da população prisional.

Desde 2000, altura em que havia 49.500 presos, a população prisional cresceu até aos 179.600, contabilizados em janeiro deste ano, enquanto a população da Turquia só cresceu 24% no mesmo período, disseram à Efe deputados do CHP.

Após o golpe falhado, além das detenções, o Governo expurgou milhares de funcionários públicos por suspeita de estarem ligados à irmandade de Fethullah Gülen, radicado nos Estados Unidos.

Ancara pediu a Washington a detenção e extradição de Gülen.

Lusa

  • Juízes desmarcam greve prevista para início de outubro

    País

    A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) desmarcou a greve que tinha convocado para 03 e 04 de outubro, disse hoje à Lusa a presidente da estrutura sindical. Segundo Manuela Paupério, a paralisação foi desconvocada após a ASJP ter verificado "grande abertura" dos grupos parlamentares para "discutir integralmente" o estatuto dos magistrados judiciais.

  • Pelo menos 2 mortos em Guadalupe à passagem do furacão Maria

    Mundo

    A passagem na terça-feira do furacão Maria pelo arquipélago francês de Guadalupe, nas Caraíbas, provocou a morte de duas pessoas, indicou o governo. Em declarações à Rádio RCI, Eric Maire, delegado do governo, disse que um homem morreu devido à queda de uma árvore, e que outra pessoa foi encontrada morta junto ao mar.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.