sicnot

Perfil

Mundo

Duas pessoas detidas em operações antiterrorismo na Bélgica

As autoridades belgas detiveram esta sexta-feira duas pessoas no seguimento de operações antiterrorismo em Bruxelas e em Liege, no sudeste da Bélgica, anunciou um responsável da Procuradoria federal do país.

A polícia fez buscas a duas casas nos bairros de Haren e Schaarbeek, em Bruxelas, e na cidade de Liege, na região francófona da Valónia, acrescentou a mesma fonte em comunicado.

"Duas pessoas foram detidas e vão ser interrogadas pelos investigadores", explicou o mesmo responsável, acrescentando que um juiz vai decidir mais tarde sobre se prolonga ou não o período de detenção.

Um juiz especializado em casos de terrorismo ordenou as operações "no seguimento de uma investigação federal ainda em curso às atividades de um grupo terrorista", realça-se no comunicado.

A televisão belga RTBF noticiou que os dois detidos são um homem de 28 anos e a sua companheira.

Ainda de acordo com as fontes (não identificadas) da RTBF, o homem detido tinha participado ativamente num chat na aplicação Telegram (encriptada), no qual teria indicado que se estava a preparar para realizar um atentado".

O homem teria ficha na polícia por ligações a atividades criminosas, mas não por ligação a atos terroristas, indicou ainda a RTBF.

As autoridades belgas estão a tentar perceber se há ligações entre os utilizadores do Telegram recentemente detidos em França e o homem detido hoje na Bélgica.

Na quarta-feira, um adolescente foi detido no decorrer de uma operação na zona nordeste de Paris dirigida contra a rede do extremista francês Rachid Kassim, com quem o jovem teria estado em contacto - através do Telegram - sobre um atentado terrorista.

Os jihadistas que alegadamente planearam e executaram os ataques terroristas em Paris, a 13 de novembro (que mataram 130 pessoas e deixaram feridas centenas de outras), cresceram e radicalizaram-se na Bélgica.

Em março, jihadistas ligados a uma célula de Paris realizaram atentados à bomba suicidas em Bruxelas, matando 32 pessoas num terminal de aeroporto e numa estação de metro perto da sede da União Europeia.

Ambos os ataques, em Paris e Bruxelas, foram reivindicados pelo Daesh.

Com Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22