sicnot

Perfil

Mundo

Número de mortos em ataque suicida no Paquistão sobe para 24

Pelo menos 24 pessoas morreram e 29 outras ficaram feridas esta sexta-feira num atentado suicida numa mesquita na região de Mohmand (noroeste do Paquistão), quando cerca de 200 fiéis assistiam às orações de sexta-feira.

"Um bombista suicida que estava entre os fiéis imolou-se à entrada da mesquita. 'Gritou Alá é grande!'. Pelo menos 23 pessoas morreram e outras 29 ficaram feridas", afirmou à agência EFE Naveed Akbar, sem incluir nos mortos o próprio terrorista.

Naveed Akbar é um dos responsáveis da administração de Mohmand, a zona do noroeste do Paquistão em que se produziu o ataque.

A mesma fonte assegurou que "todos os feridos foram transferidos para hospitais em Charsadda e Peshawar", na província de Khyber Pakhtunkhwa.

O atentado ocorreu perto das 13:30 hora local (09:30 em Lisboa) na mesquita Gul Muhamand, na região de Mohmand, situada nas áreas tribais do noroeste do país, disse um outro responsável pela segurança da zona, Gulab Khan.

"Mais de duzentas pessoas participavam na oração de sexta-feira e teme-se que haja mais vítimas", indicou este elemento da polícia tribal.

O ataque aconteceu um dia depois de terem terminado as celebrações do Eid al-Adha, a festa muçulmana do sacrifício.

Na terça-feira, no primeiro dia destas festividades, dois polícias morreram e quatro ficaram feridos quando uma bomba foi acionada à passagem de um veículo policial em Quetta (oeste). Horas antes, uma mesquita xiita do sul do Paquistão tinha sido visada num ataque realizado por um terrorista suicida, que se fez explodir.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato. 

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.