sicnot

Perfil

Mundo

Tribunal espanhol condena a prisão pai que sacudiu violentamente o filho bebé

Um tribunal espanhol condenou esta sexta-feira a 15 meses de prisão um pai que provocou lesões neurológicas graves ao filho bebé ao sacudi-lo violentamente porque não parava de chorar, noticiou a agência EFE.

O tribunal considerou o homem autor de um crime de ofensa à integridade física por negligência grave e, além da pena de prisão, retirou-lhe o poder paternal por um período de 15 meses e proibiu-o de se aproximar da criança durante três anos.

A Audiência de Cantábria confirmou assim a sentença ditada por um tribunal de Santander, que considerou provado que as sequelas sofridas pela criança -- dificuldades motoras, epilepsia, estrabismo e hidrocefalia -- foram provocadas pelo ato do pai.

Os factos ocorreram a 10 de julho de 2013, na casa da família, quando o bebé, então com cinco meses e dez dias, começou a chorar, lê-se na sentença, hoje publicada.

Incapaz de acalmar o bebé, o pai, que estava sozinho em casa com o filho, sacudiu-o bruscamente, omitindo "as mais elementares normas de diligência exigidas" no cuidado de uma criança daquela idade.

Na manhã seguinte, o bebé tinha vómitos, falta de apetite e hipotonia, e o pai levou-o a um centro médico para que fosse observado.

Nessa altura, foram diagnosticados um traumatismo cranioencefálico, crises epiléticas e hematomas. O bebé esteve hospitalizado dois meses.

O tribunal admitiu que o pai não teve consciência de que o seu ato podia ter consequências tão graves.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.