sicnot

Perfil

Mundo

Milhares de manifestantes protestam na Alemanha contra Acordo de Comércio com EUA

Milhares de manifestantes protestam na Alemanha contra Acordo de Comércio com EUA

© Fabrizio Bensch / Reuters

Dezenas de milhares manifestantes desfilaram hoje nas ruas de Berlim e de outras seis cidades alemãs em protesto contra o Acordo de Livre Comércio entre a União Europeia e os Estados Unidos (TTIP), bem como o Canadá (CETA).


A marcha de protesto, com cerca de 30.000 manifestantes, arrancou ao meio dia, da praça Alexanderplatz, no centro de Berlim, em direção ao antigo lado oriental da capital alemã, segundo fontes policiais.

O protesto foi convocado pelos sindicatos, organizações ambientalistas e também religiosas, para quem, tanto o TTIP como o CETA, irão provocar danos ambientais e reduzirão os níveis e a qualidade de vida dos europeus.

Noutras cidades, como Colónia, Hamburgo e Frankfurt, foram convocadas manifestações semelhantes também para hoje.

Estas manifestações seguem-se à grande mobilização que ocorreu na capital alemã, em que participaram 150.000 pessoas, segundo a polícia, e 250 mil, de acordo com números divulgados pelos organizadores.

Em abril, também se realizou uma outra grande manifestação em Hanover, na véspera da visita a esta cidade do presidente norte-americano, Barack Obama.

A manifestação de hoje coincidiu com o regresso do ministro da Economia alemão, Sigmar Gabriel, ao Canadá, que teve a ver com o CETA, cuja aprovação deverá ser submetida ao parlamento da União Europeia.

Sobre o TTIP, Gabriel admitiu recentemente numa entrevista à televisão alemã que as negociações com os Estados Unidos tinham "de facto" fracassado.

Estas declarações foram posteriormente suavizadas por fontes governamentais alemãs, segundo as quais a Chanceler Angela Merkel vê, todavia, a possibilidade de se chegar a um acordo, pelo que defende que as negociações devem continuar.

  • Tomadas medidas para evitar danos ambientais após acidente na barra da Armona
    1:49

    País

    Quatro tripulantes foram transportados para o hospital com hipotermia, depois de terem caído ao mar. A embarcação onde seguiam, e que faz trabalhos de reposição de areias, virou-se esta manhã, na ilha da Armona, em Olhão. As autoridades vão abrir um inquérito para apurar as causas do acidente e estão a tomar medidas para evitar danos ambientais, visto que a embarcação transportava 12 mil litros de gasóleo.

  • Papa no Chile em ambiente de contestação à Igreja Católica
    3:13

    Mundo

    O Papa pediu hoje perdão pelos crimes de pedofilia cometidos por membros da Igreja Católica no Chile, referindo que sentiu "dor e vergonha" diante do "dano irreparável" causado às crianças vítimas de abuso sexual. Francisco está a cumprir uma deslocação de três dias ao Chile, onde a contestação à visita e à Igreja se faz sentir. O Papa enfrenta um ambiente hostil na sexta viagem à América Latina, devido à denúncia de abusos sexuais na Igreja.

  • Reviravolta na Operação Fizz
    1:09

    País

    O juiz que vai julgar o chamado processo da Operação Fizz decidiu aceitar as denúncias de Orlando Figueira contra o presidente do Banco Atlântico e o advogado Daniel Proença de Carvalho. As acusações do principal arguido contra o banqueiro Carlos Silva e o advogado Proença de Carvalho podem trazer uma reviravolta ao processo.

  • Apoio psicológico fundamental em Vila Nova da Rainha
    2:19
  • Projeto Bairros Sem Cárie levou 300 pessoas do Seixal ao dentista
    3:08

    País

    Portugal tem dos piores indicadores de saúde oral da Europa e ir ao dentista é quase um luxo. Num país assim ganham ainda mais relevância iniciativas como o projeto Bairros Sem Cárie. 300 pessoas de bairros sociais do Seixal tiveram uma consulta de estomatologia gratuita.

  • Homem rompe a garganta ao tentar impedir espirro

    Mundo

    Impedir um espirro apertando o nariz pode causar sérias lesões. Foi o que aconteceu a um homem na Grã-Bretanha que teve de ser hospitalizado porque sofreu uma rutura na garganta ao apertar boca e nariz ao espirrar.