sicnot

Perfil

Mundo

Milhares de manifestantes protestam na Alemanha contra Acordo de Comércio com EUA

Milhares de manifestantes protestam na Alemanha contra Acordo de Comércio com EUA

© Fabrizio Bensch / Reuters

Dezenas de milhares manifestantes desfilaram hoje nas ruas de Berlim e de outras seis cidades alemãs em protesto contra o Acordo de Livre Comércio entre a União Europeia e os Estados Unidos (TTIP), bem como o Canadá (CETA).


A marcha de protesto, com cerca de 30.000 manifestantes, arrancou ao meio dia, da praça Alexanderplatz, no centro de Berlim, em direção ao antigo lado oriental da capital alemã, segundo fontes policiais.

O protesto foi convocado pelos sindicatos, organizações ambientalistas e também religiosas, para quem, tanto o TTIP como o CETA, irão provocar danos ambientais e reduzirão os níveis e a qualidade de vida dos europeus.

Noutras cidades, como Colónia, Hamburgo e Frankfurt, foram convocadas manifestações semelhantes também para hoje.

Estas manifestações seguem-se à grande mobilização que ocorreu na capital alemã, em que participaram 150.000 pessoas, segundo a polícia, e 250 mil, de acordo com números divulgados pelos organizadores.

Em abril, também se realizou uma outra grande manifestação em Hanover, na véspera da visita a esta cidade do presidente norte-americano, Barack Obama.

A manifestação de hoje coincidiu com o regresso do ministro da Economia alemão, Sigmar Gabriel, ao Canadá, que teve a ver com o CETA, cuja aprovação deverá ser submetida ao parlamento da União Europeia.

Sobre o TTIP, Gabriel admitiu recentemente numa entrevista à televisão alemã que as negociações com os Estados Unidos tinham "de facto" fracassado.

Estas declarações foram posteriormente suavizadas por fontes governamentais alemãs, segundo as quais a Chanceler Angela Merkel vê, todavia, a possibilidade de se chegar a um acordo, pelo que defende que as negociações devem continuar.

  • Coreia do Norte lança novo míssil balístico

    Mundo

    O Pentágono detetou esta sexta-feira mais um lançamento de um míssil balístico por parte da Coreia do Norte. O primeiro-ministro japonês já confirmou o lançamento, que terá atingido a zona económica exclusiva, no Mar do Japão.

  • Menino perdido na Praia da Luz foi levado à GNR por turista
    1:11

    País

    Um menino inglês, de sete anos, esteve desaparecido na quinta-feira na Praia da Luz, no Algarve, depois de se ter perdido dos pais. A GNR colocou duas equipas de investigação no local, mas ao fim de uma hora e meia o rapaz apareceu na esquadra de Lagos acompanhado por um turista a quem terá pedido ajuda.

  • Mais viagens mas menos turistas de Portugal
    1:22

    País

    Os residentes em Portugal - sejam portugueses ou estrangeiros - realizaram quatro milhões de viagens turísticas, só no primeiro trimestre do ano. Um aumento de mais de 6% nas viagens dentro do país face ao período homólogo e de mais de 15% nas viagens para fora, de avião. O estudo é do INE, o Instituto Nacional de Estatística, que permite fazer o retrato mais claro de quem viaja e porquê.

  • Algarve sozinho gera metade dos bens transacionáveis em Portugal
    4:14

    SIC 25 Anos

    O Algarve quase não tem indústria e os especialistas consideram que é excessivamente dependente do turismo. Ainda assim, sozinho contribui com metade do que Portugal gera em bens transacionáveis. A região tem problemas graves, como a falta de médicos e um custo de vida muito alto, mas continua a atrair a maior parte dos turistas e muitos estrangeiros decidem mesmo escolher a região para viver.