sicnot

Perfil

Mundo

Rússia acusa EUA de não cumprirem compromissos do cessar-fogo na Síria

A Rússia acusou hoje os Estados Unidos de não cumprirem os seus compromissos no quadro do acordo de cessar-fogo na Síria, dizendo que Washington será "responsável" em caso de fracasso da trégua em vigor desde segunda-feira no país.


"Se a parte norte-americana não tomar as medidas certas para cumprir com os seus compromissos no quadro do acordo alcançado a 9 de setembro, os Estados Unidos serão inteiramente responsáveis", disse Viktor Poznikhir, general do Estado-Maior russo, numa conferência de imprensa.

A situação na Síria "deteriorou-se", apesar do cessar-fogo, disse hoje o exército russo, que acusou os rebeldes sírios de serem responsáveis por mais de 40 ataques contra forças sírias e civis nas últimas 24 horas.

"A situação na Síria deteriorou-se, o que é sobretudo visível nas províncias de Alepo e de Hama, onde forças da oposição aproveitando-se da trégua procuram reagrupar-se e recuperar os stocks de armamento para lançarem uma ofensiva com o objetivo de se apoderarem de novos territórios", disse o chefe do Centro de Coordenação russo na Síria, Vladimir Savtchenko.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.