sicnot

Perfil

Mundo

Capriles decreta "emergência alimentar" na região da Grande Caracas

O ex-candidato presidencial opositor, Henrique Capriles Radonski, decretou esta segunda-feira "emergência alimentar" devido à escassez de produtos básicos, em Miranda, uma das regiões que fazem parte da Grande Caracas, na Venezuela.

"Atualmente, 17,2% das pessoas (de Miranda) remexem entre o lixo para poderem alimentar-se. Estamos numa situação de emergência", denunciou, durante uma conferência de imprensa em Caracas.

Capriles, que também é governador de Miranda, explicou que um estudo recente dá conta de que apenas 41,2% dos venezuelanos fazem três refeições por dia e que 62,9% tiveram que ausentar-se do seu lugar de trabalho para poder adquirir produtos alimentares, naquela região.

Também que apenas 10,7% da população de Miranda tem acesso às bolsas de alimentos que o Governo venezuelano distribui através dos Comités Locais de Abastecimento e Produção.

Por outro lado, anunciou que a Superintendência de Administração Tributária de Miranda (Satmir) destinará, segundo um decreto regional, parte dos seus recursos para organizar mercados, distribuir proteínas e impulsionar programas para a produção e processamento de alimentos.

"Através de Satmir teremos um ingresso entre os 2 e os 3%, destinado ao programa de alimentação escolar. As crianças são mais vulneráveis e segundo um um estudo que fizemos entre julho e agosto, 50% delas vão para a cama dormir com fome, ou seja, a metade. E, quase um terço (das crianças) come ao dia apenas o que lhe dão na escola", declarou.

O ex-candidato presidencial opositor questionou o "gasto" feito pelo Governo do Presidente Nicolás Maduro para organizar a XVII Cimeira do Movimento de Países Não Alinhados (MNOAL), que decorreu entre 13 e 18 de setembro na ilha venezuelana de Margarita.

"Os nossos meninos passam fome, enquanto Maduro e a sua cúpula esbanjam os recursos dos venezuelanos num 'show' que foi uma 'burla' (zombaria) ao nosso povo", frisou, vincando que com o dinheiro usado "era possível alimentar todas as crianças em programas de nutrição escolar durante seis meses".

O Estado de Miranda é uma das 24 regiões da Venezuela e a segunda mais povoada do país. Segundo dados não oficiais, em 2015 tinha quase 3,23 milhões de habitantes.

Conjuntamente com o Estado de Vargas e o Distrito Metropolitano faz parte da região conhecida como Grande Caracas.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC