sicnot

Perfil

Mundo

Cinco detidos por suspeita de ligações a explosão em Nova Iorque

As autoridades federais dos Estados Unidos detiveram no domingo cinco pessoas por suspeita de estarem relacionadas com a explosão em Nova Iorque, avança hoje a imprensa local, citando fontes policiais não identificadas.

O departamento do FBI em Nova Iorque indicou, na sua conta de Twitter, que ninguém tinha sido acusado pela explosão no bairro de Chelsea, que feriu 29 pessoas, mas não referiu detenções.

"Mandámos parar um veículo com interesse para a investigação. Ninguém foi acusado de qualquer crime. A investigação continua", informou o FBI.

Os meios de comunicação de Nova Iorque indicam que os cinco passageiros do veículo foram detidos para serem interrogados.

O veículo foi mandado parar pelas 21:30 de domingo (02:30 de hoje em Lisboa), depois de atravessar a ponte Verrazano-Narrows, que liga Brooklyn e Staten Island.

O jornal New York Daily News indica que foram encontradas armas no carro. O diário diz ainda que uma "pessoa de interesse" foi identificada através de imagens de videovigilância, não sendo claro se essa pessoa está entre as cinco detidas.

A polícia da Nova Iorque não confirmou estas informações, dizendo apenas que a investigação prossegue.

As autoridades estão em alerta elevado desde a explosão no sábado. Uma segunda bomba foi encontrada pela polícia nas redondezas e desativada em segurança.

Lusa

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24