sicnot

Perfil

Mundo

Comboio de ajuda humanitária atingido por bombardeamentos na Síria

Um comboio de ajuda humanitária foi atingido pelos bombardeamentos de aviões de guerra perto de Auram al Kubra, oeste da província síria de Alepo, onde estava a prestar assistência, anunciou esta segunda-feira o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A ONG não adiantou a existência de vítimas nem os danos causados pelo ataque, que não foi confirmado nem pela ONU, nem pelo Crescente Vermelho sírio, responsáveis pela organização desta caravana humanitária.

O escritório da ONU para os Assuntos Humanitários confirmou, pelo Twitter, a entrada de um comboio em Auram al Kubra, mas não avançou com detalhes.

O Observatório explicou que aviões não identificados tinham como alvo os camiões de ajuda humanitária.

A mesma fonte detalhou que o envio destes camiões é feito mensalmente na parte ocidental da província.

Este ataque acontece depois do Comando Supremo das Forças Armadas sírias terem declarado o fim da trégua de uma semana no país árabe, que terminou à meia-noite.

Lusa

  • Terminou o cessar-fogo na Síria
    1:43

    Mundo

    A confirmaçao oficial do fim do cessar-fogo veio de Damasco. O Presidente Assad disse também esta segunda-feira que o ataque dos Estados Unidos foi uma "agressão flagrante". O raide que matou soldados sírios em Deir al-Zor gerou uma troca de acusações envolvendo a Rússia.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".