sicnot

Perfil

Mundo

Nadal e Mo Farah na nova lista revelada por piratas informáticos russos

O tenista espanhol Rafael Nadal e o atleta britânico Mo Farah são os nomes mais sonantes de uma nova lista de atletas que recorreram a substâncias proibidas para uso terapêutico, revelada hoje pelo grupo 'hacker' russo 'Fancy Bears'.

Os piratas informáticos russos, que acederam ilegalmente à base de dados do sistema de administração e gestão antidopagem (ADAMS) da Agência Mundial Antidopagem (AMA), criado para seguir os controlos feitos aos atletas, revelaram hoje mais 25 nomes de atletas, oriundos de oito países, que usaram substâncias dopantes para uso terapêutico.

Na ficha de Nadal, antigo número um mundial e vencedor de 14 títulos do 'Grand Slam', pode ver-se que o tenista espanhol foi autorizado, pelo médico da Federação Internacional de Ténis, Stuart Miller, a receber duas doses intramuscular de betametasona, a 23 de setembro de 2009, e várias doses de uma substância corticóide, a 30 de julho de 2012, durante os Jogos Olímpicos Londres2012.

No caso de Mo Farah, quatro vezes campeão olímpico (nos 5.000 e 10.000 metros), as autorizações remontam a outubro de 2008 e julho de 2014 e dizem respeito ao corticosteroide triancinolona e a morfina.

A 13 de setembro, a AMA informou que um grupo de piratas informáticos russo, conhecido como 'Fancy Bears' ou 'Tsar Team', acedeu ilegalmente à base de dados do sistema de administração e gestão antidopagem (ADAMS) da agência, criado para seguir os controlos feitos aos atletas.

O ataque informático, que levou já o ministro russo dos Desportos, Vitaly Mutko, a negar qualquer envolvimento do seu governo, terá sido feito através de uma conta do Comité Olímpico Internacional (COI), criada a propósito dos Jogos Rio2016.

O grupo acedeu a informação de desportistas, incluindo a dados médicos confidenciais, tais como isenções por uso terapêutico de medicamentos nos Jogos do Rio2016 autorizadas por federações internacionais e organizações nacionais antidopagem, de acordo com a AMA.

Da primeira lista de nomes constavam campeãs olímpicas dos Estados Unidos, como as tenistas Serena e Venus Williams e a ginasta Simone Biles, com a segunda a visar atletas britânicos, como Chris Froome ou Bradley Wiggins, e a terceira a incluir a estrela maior da natação espanhola, Mireia Belmonte.

Após compilar dados, e de acordo com o diretor geral da AMA, Olivier Niggli, o organismo não tem dúvidas de que os ataques em curso constituem uma forma de retaliação contra a agência e o sistema antidopagem mundial devido ao relatório McLaren, divulgado a 18 de julho, que revelou a existência de um esquema de 'doping' patrocinado por Moscovo.

A isenção de uso terapêutico (TUE) existe para permitir a atletas com problemas médicos reconhecidos, como a asma no caso do ciclista campeão olímpico Bradley Wiggins, e a hiperatividade no da ginasta multimedalhada no Rio2016 Simone Biles, poderem tomar substâncias proibidas para competir ao mais alto nível.

Lusa

  • Défice cai 1.900 milhões até agosto

    Economia

    O défice das administrações públicas foi de 2.034 milhões de euros até agosto, uma "melhoria de 1.901 milhões" face ao mesmo período de 2016, segundo o Governo, que justifica com aumento superior a 4% da receita.

  • Coreia do Norte acusa Trump de declarar guerra

    Mundo

    A Coreia do Norte acusou hoje o Presidente norte-americano de ter "declarado a guerra". O chefe da diplomacia norte-coreana ameaçou abater todo e qualquer bombardeiro dos EUA que se aproxime do território.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.

  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • "Bispo vermelho"

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Criar galinhas na cozinha, guerras no fogão, e drones dentro de casa
    7:28
  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.