sicnot

Perfil

Mundo

Trump diz, após atentados do fim de semana, que situação "só vai piorar"

O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, vaticinou esta segunda-feira, a propósito dos atentados ocorridos no fim de semana nos Estados Unidos, que "isto só vai piorar".

"Creio que é uma coisa que pode acontecer... que se calhar ocorrerá cada vez mais e mais em todo o país", declarou o candidato presidencial conservador à estação televisiva Fox.

O magnata do imobiliário referia-se à colocação de várias bombas em Nova Iorque e no vizinho estado de Nova Jérsia nas últimas horas, bem como a explosão de outro engenho e o ataque perpetrado por um alegado simpatizante 'jihadista' com uma faca num centro comercial do Minnesota, que fez nove feridos este fim de semana.

"É uma confusão e é uma vergonha, e vamos ter de ser muito duros (...) isto só vai piorar", observou.

Trump referiu-se igualmente às possíveis "ligações internacionais" destes ataques, que tinham pouco antes sido mencionadas pelo governador de Nova Iorque, Andrew Como, e disse que acredita que existem "múltiplas conexões estrangeiras" devido a pessoas que se estão a infiltrar nos Estados Unidos para cometer atentados.

"Pode acontecer que tenhamos muitos grupos [no país], porque estamos a deixar esta gente vir para a nossa nação para a destruir e torná-la insegura para o nosso povo", disse o multimilionário norte-americano, aproveitando para insistir na sua proposta de restringir a imigração.

As autoridades norte-americanas procuram uma pessoa identificada como Ahmad Khan Rahami, nascido no Afeganistão e naturalizado norte-americano, que pode estar relacionado com as bombas colocadas no passado fim de semana em Nova Iorque, ao passo que o atacante do centro comercial no Minnesota foi identificado pela sua família como Dahis Adan, um imigrante somali.

No ataque do Minnesota, nove pessoas foram feridas no sábado à noite por Adan, que brandia uma faca de cozinha, enquanto outras 29 pessoas ficaram feridas na mesma noite no bairro nova-iorquino de Chelsea, na explosão de uma bomba e, pouco depois, foram encontrados perto mais explosivos.

Hoje de madrugada, explodiu outra bomba na localidade de Elizabeth, em Nova Jérsia, enquanto era revista por um robot policial, e nas primeiras horas de sábado, explodiu outro engenho em Seaside Park (Nova Jérsia), que não fez vítimas nem danos materiais.

Lusa

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.