sicnot

Perfil

Mundo

Britânico que denunciou abusos laborais na Tailândia condenado a pena suspensa

O britânico Andy Hall foi hoje condenado a uma pena de três anos por um tribunal tailandês após um processo por difamação apresentado por uma companhia frutícola, que o ativista disse cometer abusos laborais contra imigrantes.

O tribunal impôs a Hall uma condenação suspensa, o que evitará que fique na prisão, e uma multa de 150.000 bat (3.850 euros), perante o processo apresentado pela multinacional Natural Fruit Company.

O ativista enfrentava uma condenação de sete anos por difamação e por violar a lei de crimes eletrónicos pela publicação, em 2013, de um relatório para a organização finlandesa FinnWatch, que denunciava abusos a trabalhadores dessa empresa.

Segundo a investigação, uma das fábricas de ananases da empresa empregava centenas de imigrantes birmaneses, alguns menores, a quem confiscava o passaporte e cujo salário era inferior ao mínimo imposto pelo Governo tailandês.

Os frequentes desmaios devido aos golpes de calor e sobrecarga de trabalho em condições sufocantes eram outras das práticas denunciadas.

"Respeito plenamente a decisão de hoje do tribunal mas discordo totalmente dela. Farei uso do meu direito de recurso para lutar para limpar o meu nome", disse Hall, através da sua conta de Twitter.

A organização finlandesa disse estar "chocada" com a decisão do tribunal e assumiu plena responsabilidade pelo relatório elaborado pelo ativista.

"Fizeram de Andy um bode expiatório para assustar outras vozes que falam legitimamente a favor dos direitos dos trabalhadores imigrantes", disse a diretora da Finnwatch, Sonja Vartiala, em comunicado.

"Este é um dia triste para a liberdade de expressão na Tailândia. Receamos que outros defensores dos direitos humanos e vítimas de abusos por parte de empresas sejam silenciados com medo, devido a esta decisão", acrescentou Vartiala.

Lusa

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC