sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte anuncia teste de foguetão para lançar satélites

© KCNA KCNA / Reuters

A Coreia do Norte realizou um bem-sucedido teste de um novo foguetão, anunciou hoje a imprensa estatal do país.

O engenho vai dar ao país "a capacidade suficiente para lançar vários tipos de satélite, incluindo um de observação da Terra à escala mundial", especificou a agência noticiosa KCNA.

O líder norte-coreano Kim Jong-un supervisionou o teste subterrâneo no Centro Espacial Sohae, cujo objetivo era "confirmar a função da câmara de combustão, a exatidão do funcionamento das válvulas e os sistemas de controlo e fiabilidade do motor durante o tempo de funcionamento de cerca de 200 segundos", acrescentou a agência.

O êxito do fabrico do motor, que alcançou "os valores estimados" durante o teste, dá à Coreia do Norte a capacidade para lançar vários tipos de satélites, incluindo de observação da Terra, como parte do programa espacial de cinco anos do regime, destacou a KCNA.

Kim apelou aos dirigentes, cientistas e técnicos para "finalizarem os preparativos para o lançamento do satélite assim que possível", indicou a agência.

Acredita-se que a Coreia do Norte possa celebrar o 68.º aniversário do Partido dos Trabalhadores da Coreia, no dia 10 de outubro, com o lançamento de um satélite.

O líder norte-coreano apelou ainda ao lançamento de mais 'rockets' de modo a transformar o país num "possuidor de satélites geoestacionários nos próximos dois anos".

Esta tratou-se da primeira aparição pública de Kim noticiada pelos meios de comunicação estatais desde que Pyongyang fez o quinto ensaio nuclear a 09 de setembro.

A Coreia do Norte foi alvo de cinco 'pacotes' de sanções das Nações Unidas desde que testou pela primeira vez um dispositivo nuclear, em 2006, mas insiste que vai continuar.

A KCNA não indicou a data do teste, mas é habitual que os meios de comunicação social estatais relatem as atividades de Kim com um dia de atraso.

O teste acontece depois de a Coreia do Norte ter, no início do mês, anunciado que conseguiu testar, com êxito, uma ogiva nuclear que pode ser colocada num míssil, e segue-se a uma série de lançamentos de mísseis balísticos.

Lusa

  • Eurogrupo dá luz verde ao Orçamento do Estado
    0:29

    Orçamento do Estado 2017

    O Orçamento português passou no Eurogrupo mas os ministros das Finanças alertam que podem ser precisas mais medidas para cumprir as metas e em março vão voltar a olhar para as contas. Para já, estão satisfeitos com o compromisso assumido por Mário Centeno e mais sete ministros da zona euro, cujos Orçamentos estão em risco de incumprimento.

  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados".Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade. A SIC esteve em Luanda e falou com o advogado Adolfo Campos e com os músicos Carbono Casimiro, Mona Dya Kidi e David Salei. Já todos estiveram presos. Já todos foram vítimas de violência policial. Defendem que "a geração anterior comprometeu o país" e acreditam que só a mudança política pode trazer um futuro melhor. Para estes jovens activistas, a guerra que arrasou o país, e com que o regime justifica tudo, não deixou heróis, apenas "vilões e vítimas".

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59