sicnot

Perfil

Mundo

Presidente da Costa Rica abandona assembleia da ONU para não ouvir Temer

O Presidente da Costa Rica, Luis Guillermo Solis, e o seu ministro das Relações Exteriores, Manuel González, abandonaram esta terça-feira a assembleia-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para não ouvirem o discurso do Presidente brasileiro, Michel Temer.

"A nossa decisão, soberana e individual, de não ouvir a mensagem do senhor Michel Temer na assembleia-geral obedece à nossa dúvida de que, diante de certas atitudes e actuações, se queira lecionar sobre práticas democráticas", segundo um comunicado da diplomacia costa-riquenha citado pela agência EFE.

O texto informa que o governo da Costa Rica tem acompanhado a situação do Brasil e o processo que levou à destituição da ex-Presidente Dilma Rousseff.

No documento, lê-se que o executivo tem "seguido rigorosamente todas as formas diplomáticas e de respeito quanto ao processo político no Brasil", mas expressou a sua "preocupação com a situação naquele país".

O embaixador da Costa Rica na ONU, Juan Carlos Mendoza, permaneceu na assembleia-geral durante o discurso de Michel Temer, de acordo com a diplomacia costa-riquenha.

Quanto à saída da sala das delegações da Bolívia, Equador, Venezuela e Nicarágua durante o discurso de Michel Temer, o governo da Costa Rica informou que não lhe cabe fazer comentários sobre a motivação desses países.

No seu primeiro discurso na assembleia-geral da ONU, Michel Temer disse que o afastamento de Dilma Rousseff da Presidência "transcorreu dentro do mais absoluto respeito constitucional".

"O facto de termos dado esse exemplo ao mundo implica que não há democracia sem Estado de direito - sem normas que se apliquem a todos, inclusive aos mais poderosos", disse.

O polémico processo de destituição da Presidente Dilma Rousseff decorreu durante meses e culminou com a sua saída por irregularidades orçamentais.

Como consequência, Michel Temer assumiu o poder em definitivo a 31 de agosto, mas, mesmo depois de findo o processo, tem sido contestado em protestos populares no Brasil e em pequenos atos convocados no exterior.

Após a sua chegada a Nova Iorque para participar na assembleia, alguns manifestantes juntaram-se em frente ao hotel onde ficou instalado com cartazes onde se lia a frase "Fora, Temer".

Lusa

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Prioridades para a CGD: cortar custos e aumentar receitas
    2:16

    Caso CGD

    O principal objetivo do plano estratégico para a Caixa Geral de Depósitos, a que a SIC teve acesso, é cortar custos e aumentar receitas. A grande aposta da nova administração passa por apertar as regras para emprestar dinheiro e, por outro lado, recuperar o crédito que não está a ser pago.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.