sicnot

Perfil

Mundo

UE, EUA e ONU lançam apelos à calma após violentos protestos na RD Congo

UE, EUA e ONU lançam apelos à calma após violentos protestos na RD Congo

As sedes de cinco partidos da oposição foram incendiados esta manhã na República Democrática do Congo, horas depois dos violentos protestos que terão feito mais de 50 mortos e mais de 200 detidos. UE, EUA e ONU lançam apelos à calma.

O jornalista da agência France Press garante ter visto pelo menos dois corpos carbonizados e outras duas pessoas em chamas numa das sedes dos vários partidos incendiados.

Os protestos que degeneraram em violência não se limitaram a Kinshasa e estenderam-se ao sul do país. Protestos contra o Presidente congolês Joseph Kabila que estará a tentar adiar as eleições para se manter no poder, depois de dois mandatos consecutivos e que deveria abandonar o poder em dezembro.

O alto comissariado para os direitos humanos da ONU confirma que há registo de uso excessivo da força por parte das forças de segurança mas também dos manifestantes que ontem invadiram as ruas das principais cidades do Congo.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.