sicnot

Perfil

Mundo

Allo, WhatsApp?

A Google lançou hoje o Allo, uma aplicação de mensagens instantâneas para concorrer com a WhatsApp, detida pelo Facebook. Promete fazer reservas em restaurantes e responder automaticamente a mensagens.

A aplicação está disponível nos telemóveis com sistema operativo iOS e Android e funciona associado a um número de telefone, oferecendo ao utilizador a possibilidade de procurar informação sem sair da conversação.

No futuro, o serviço Allo vai permitir fazer diretamente reservas de restaurantes, hotéis e bilhetes de avião ou comboio.

Para utilizar o assistente virtual, o utilizador apenas tem de escrever ou mencionar "@google".

Atualmente, a interação apenas está disponível em inglês, embora a multinacional norte-americana adiante que vai disponibilizar o serviço em outras línguas, em breve.

O serviço Allo tinha sido anunciado pela Google em maio, na mesma altura em que divulgou a Google Duo, uma aplicação para chamadas de vídeo.

A aplicação vai concorrer com o WhatsApp, que anunciou que no final do ano vai deixar de estar disponível nos telemóveis com versões mais antigas do Android, Windows Phone e no BlackBerry.

Também a Apple está apostar nesta área, melhorando a sua aplicação de mensagens instantâneas na semana passada.

A WhatsApp foi adquirida pelo Facebook por cerca de 20 mil milhões de dólares (cerca de 17,8 mil milhões de euros, à taxa de câmbio atual) em 2014.

Com Lusa

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.