sicnot

Perfil

Mundo

Angola diz que Guterres "é o melhor candidato" para liderar ONU

O ministro dos Negócios estrangeiros angolano disse esta quarta-feira, em Nova Iorque, que António Guterres "é o melhor candidato" para secretário-geral da ONU e que acredita que o português será eleito.

"Eu acho que vai ser eleito. Ganhou todas as votações que ocorreram até aqui e não temos duvidas de que é o melhor candidato que a comunidade internacional tem", disse Georges Chicoti à agência Lusa.

António Guterres venceu as primeiras quatro votações secretas para o cargo, que aconteceram a 21 de julho, 5 de agosto, 29 de Agosto e 9 de setembro passados.

Duas outras votações estão agendadas: uma semelhante às primeiras quatro, que acontecerá a 26 de setembro, e uma na primeira semana de outubro, em que os votos dos membros permanentes do conselho, que têm poder de veto sobre os candidatos, serão destacados.

Angola é até ao final do ano membro não permanente do Conselho de Segurança, altura em que termina o mandato de dois anos.

"Claro que Angola tem um papel limitado. Isto agora vai ser visto pelos membros permanentes do Conselho de Segurança, que serão os membros decisivos para escolherem", disse o chefe da diplomacia angolana.

A eleição deste ano tem sido dominada por uma forte campanha para eleger uma mulher para o cargo, porque tal nunca aconteceu na história da organização, ou um candidato da Europa de Leste, para cumprir uma tradição de rotação geográfica.

Georges Chicoti, que falava à margem da Assembleia-Geral da ONU, disse que os dois argumentos ainda são muito discutidos nos encontros do Conselho de Segurança.

"Fala-se cada vez mais de ser alguém da Europa de leste e fala-se menos de ser uma mulher. Mas a verdade é que não sabemos como é que os grandes países vão decidir", adiantou o ministro.

A organização espera ter encontrado o sucessor de Ban Ki-moon, que termina o seu segundo mandato no final do ano, durante este outono.

Lusa

  • Marcelo aproveita discurso na ONU para dar impulso à candidatura de Guterres
    2:54

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa discursou na Assembleia-geral das Nações Unidas. Entre paz e refugiados, o Presidente da República aproveitou o discurso para dar um impulso à candidatura de António Guterres a secretário-geral da ONU. Marcelo defendeu que o novo secretário-geral deve ser "um congregador de espíritos e de vontades", na linha de Gandhi e Mandela.

  • Marcelo confiante na eleição de Guterres na ONU
    2:20

    País

    O Presidente da República está muito confiante na eleição de António Guterres para secretário-geral das Nações Unidas. Marcelo diz que Guterres já está muito próximo da meta. O Presidente deixou ainda um apelo aos países amigos de Portugal para que não deixem de apoiar o antigo primeiro-ministro. O chefe de Estado cumpre hoje o segundo dia de vista a Nova Iorque, onde se estreia na Assembleia Geral da ONU, como nos conta Bernardo Ferrão.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Porque erram os árbitros?
    2:03

    Desporto

    Num momento em que a polémica em redor da arbitragem está acesa e que nem o videoárbitro parece ter contribuído para a pacificar o futebol, em Leiria juntaram-se treinadores e homens do apito para se entender porque erram os árbitros.

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Mundo

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Viagem de balão para ver as cerejeiras em flor
    14:27
  • Niassa foi o 4.º lince-ibérico libertado a ser atropelado em Portugal
    1:33

    País

    Uma fêmea de lince-ibérico foi encontrada morta com sinais de atropelamento na A22, próximo de Olhão. A fêmea, criada em cativeiro, tinha sido libertada no Vale do Guadiana em fevereiro de 2017. É o quarto lince-ibérico, que tinha sido libertado na natureza, que morre atropelado em Portugal.

  • "Há uma aceitação do lince no território"
    3:33

    País

    Apesar de já se terem registado em Portugal quatro atropelamentos de linces libertados na natureza, em entrevista à SIC, Pedro Rocha, do Departamento do Alentejo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), disse que o programa de reintrodução "tem corrido bastante bem", não só devido às condições do habitat e disponibilidade de alimento, mas também porque "há uma aceitação do lince no território". Desde 2015, foram libertados no Vale do Guadiana 33 linces e 16 já nasceram em estado selvagem.

  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • O "anjo" que quer ensinar raparigas a programar
    2:59