sicnot

Perfil

Mundo

Cápsula do tempo nazi encontrada depois de 82 anos soterrada

Sebastian Kuropatnicki

Uma cápsula do tempo com documentos nazis foi encontrada na Polónia, depois de 82 anos soterrada. O recipiente - preparado para armazenar objetos/informações com o intuito de serem encontrados pelas gerações futuras - foi encontrado por uma equipa de arqueólogos na cidade polaca de Złocieniec. A cápsula começou a ser procurada na década de 70, na altura, por militares da antiga União Soviética.

O recipiente - preparado para armazenar objetos/informações com o intuito de serem encontrados pelas gerações futuras - foi encontrado por uma equipa de arqueólogos na cidade polaca de Złocieniec. A cápsula começou a ser procurada na década de 70, na altura, por militares da antiga União Soviética.

Dentro do recipiente estavam documentos que detalhavam a construção da escola de Krössinsee: o primeiro centro de treino nazi, construído antes da 2ª Guerra Mundial. Foram encontrados jornais com as datas de 21 e 22 de abril de 1934, nos quais era divulgada a inauguração do centro de treino, que formava os futuros combatentes nazis. Na cápsula, foram preservados um convite para a abertura do local e um programa com as celebrações realizadas na antiga cidade de Falkenburg - hoje em dia Złocieniec - na Polónia.

Sebastian Kuropatnicki

Segundo as declarações da arqueóloga Alicja Witowiak à BBC, o objetivo dos nazis era relembrar a altura em que a ideologia começava a ser posta em prática.

A cidade de Złocieniec fez parte da Alemanha até à derrota dos nazis, em 1945.

A cápsula continha ainda fotografias de Adolf Hitler, várias cópias do Mein Kampf (o livro de Hitler escreveu), moedas e várias informações sobre a cidade, como um panfleto dos seus 600 anos e um caderno ilustrado.

As peças estão em exibição no Museu Nacional de Złocieniec.

Sebastian Kuropatnicki

  • CGTP espera milhares na 1ª manifestação nacional do ano
    1:49

    País

    A CGTP-IN conta ter "dezenas de milhares de trabalhadores" de todo o país e setores de atividade na primeira manifestação nacional do ano, marcada para esta tarde, em Lisboa, em defesa da valorização do trabalho e dos trabalhadores.Estão previstas centenas de autocarros e quatro comboios especiais, um de Braga e três do Porto, para transportar os manifestantes para a capital.De Coimbra saíram 13 autocarros, com cerca de 700 trabalhadores, de setores diferentes para exigir ao governo reposição de direitos perdidos.

  • A semana em revista

    Mundo

    Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

    André de Jesus

  • Registadas mais de 500 queimadas em 12 horas

    País

    A Proteção Civil registou esta sexta-feira, no distrito de Viana do Castelo, entre as 06:00 e as 18:00, 515 queimadas, mais cerca de uma centena das contabilizadas na quinta-feira, sendo que três terão dado origem a incêndios florestais.