sicnot

Perfil

Mundo

Donos de cães com focinho achatado "devem pensar duas vezes" antes de os comprar

© ERIC THAYER / Reuters

As raças de cães com o focinho achatado, conhecidas como braquicefálicas, podem ter mais problemas de saúde se comparadas a outras. Razão pela qual os veterinários apelam a quem procura um cão de companhia, para que escolham outras raças.

Affenpinscher, Buldogue Americano, Cocker Spaniel Americano, Boston Terrier, Boxer, Griffon de Bruxelas ou Buldogue Inglês são apenas algumas das raças dos cães "braquicefálicos" e que nos últimos tempos se tornara, muito populares e "na moda".

Os veterinários avisam, no entanto, que estes cães têm um crânio compacto e o sistema respiratório superior comprimido, o que dificulta a passagem do ar.

reuters

"Os potenciais donos têm de ter em consideração que estes cães podem sofrer de um vasto número de doenças, desde úlceras oftalmológicas a graves dificuldades respiratórias", explica Sean Wensley, presidente da Associação Britânica de Veterinários.

"Encorajamos fortemente as pessoas a escolhere, raças mais saudáveis ou a cruzamentos de raças", diz.

Reuters

“O palato mole deste cães é alongado e, o mesmo, separa a cavidade oral da cavidade nasal. Essa alteração pode fazer com que esse tecido mole cause obstrução parcial ou total da garganta”, explica uma veterinária.

Os problemas respiratórios podem ainda levar a uma condição chamada síndrome braquicefálica, se não forem tratados a tempo. Existem alguns fatores de risco para a ocorrência desta síndrome, como a raça, obesidade, climas quentes e húmidos, estado de excitação, sedação, sono, reações alérgicas, doenças que afetam os pulmões ou o sistema endócrino que causem aumento do ganho de peso, e respiração ofegante.

  • Polícia procura condutor da carrinha e outros dois suspeitos
    1:08
  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38