sicnot

Perfil

Mundo

Erro informático permitiu acesso a todos os sites da Coreia do Norte

A Coreia do Norte permitiu, acidentalmente, o acesso do exterior a todos os websites do país. Segundo o jornal The Guardian, o incidente ocorreu devido a um erro informático de má configuração. A fuga de dados veio permitir saber que existem apenas 28 páginas de internet baseados na Coreia do Norte. A maioria está escrita em coreano mas há sites com versões em inglês.

Há uma rede social, um site de receitas e muita propaganda. Apresentam uma construção muito básica e são lentos a carregar. Normalmente, o servidor norte-coreano está configurado para rejeitar os pedidos de acesso do exterior. Na Coreia do Norte, até para se ter um computador é necessária autorização do Governo.

Alegadamente revelada por um engenheiro norte-americano, a lista revela menos de 30 websites. Como era previsível, existe muita propaganda e informação sobre o Ministério e o Turismo. Mas não só. Os cidadãos do país podem encontrar receitas norte-coreanas e filmes.

Talvez por erro da Coreia do Norte ou por sorte do engenheiro norte-americano, ele conseguiu aceder a uma página onde continha todos os websites do país. Martyn Williams, um especialista sobre o país, explicou os três pontos da internet na Coreia do Norte.

1. Existem muitas notícias sobre "As Atividades Supremo Líder"

A maior parte das páginas de internet estão em coreano, mas no caso do jornal Rodong Sinum, existe também uma página em inglês. Neste site pode ser encontrada uma secção dedicada ao líder do país, Kim Jong-un, chamada "As Atividades do Supremo Líder".

Kim Jong-un

Kim Jong-un

© KCNA KCNA / Reuters

2. As páginas de internet são pouco sofisticadas

Muitos dos sites, para além de demorarem muito a carregar, são básicos. Os sites de notícias não são atualizados com frequência nem têm material exclusivo, vindo quase tudo da agência de notícias oficial do país.

3. A internet na Coreia do Norte mostra que o país quer mostrar o seu lado cultural

Um site de comida está cheio de imagens das "mais famosas receitas coreanas". Nesta página, existe ainda uma lista dos principais restaurantes no país. Para os sul-coreanos, a comida pode não parecer apetecível, mas o site explica o porquê da comida norte-coreana ser tão boa. A resposta: "O gosto e o aroma, as lindas cores, a variedade e é muito saudável para o corpo".

Se a pessoa está no "mood" de ver um filme, existe um site que mostra o cinema norte-coreano. O Festival Internacional de Cinema de Pyongyang está a acontecer agora e o evento está a ser promovido na página. Os três tipos de filmes que podem ser vistos no festival são "filmes de arte, documentários e filmes animados".

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.