sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 3000 combatentes russos chegaram à Síria no último mês

Mais de três mil novos combatentes russos chegaram no último mês à Síria para se juntarem às tropas do Governo de Damasco contra a rebelião no país, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A organização não-governamental indicou ainda que muitos dos novos milicianos russos foram enviados para a zona de Al Safira, a sudeste de Alepo, sob o controlo das autoridades sírias, para se juntarem às tropas fiéis ao Presidente Bashar al-Assad contra as fações armadas sírias e contra o movimento terrorista Estado Islâmico (EI).

Nem Moscovo nem o Governo de Damasco confirmaram a informação do OSDH, divulgada pela agência espanhola Efe.

A Rússia iniciou em 20 de setembro de 2015 uma campanha de bombardeamentos na Síria, para onde também enviou contingentes militares terrestres, na que é a sua primeira intervenção militar direta neste país.

De acordo com os dados publicados na passada terça-feira pelo OSDH, pelo menos 8.899 pessoas morreram na Síria em resultado de bombardeamentos levados a cabo pela aviação síria, das quais 3.506 eram civis, 2.704 eram militantes do EI e 2.689 pertenciam a outros grupos islâmicos.

Lusa

  • A história de João Ricardo
    10:37
  • Parceiros sociais começam hoje debate sobre salário mínimo

    Economia

    Os parceiros sociais reúnem-se hoje com o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, para iniciarem a discussão sobre a atualização do salário mínimo para o próximo ano, com as centrais sindicais e confederações patronais a assumirem posições divergentes.Em cima da mesa estarão as propostas das centrais sindicais, com a CGTP a exigir 600 euros a partir de janeiro de 2018 e a UGT a reivindicar 585 euros como ponto de partida para a negociação.

  • Os 72 golos de mais uma noite de Liga Europa

    Liga Europa

    Os 16 avos-de-final da Liga Europa começam a ganhar forma. São já 16 as equipas apuradas para a próxima fase da competição, entre elas o Sporting de Braga, que somou mais uma vitória. Em sentido inverso, o Vitória de Guimarães saiu derrotado de Salzburgo e ficou mais longe da qualificação. A 5.ª jornada da fase de grupos jogou-se esta quinta-feira e ao todo marcaram-se 72 golos. Estão todos aqui, para ver ou rever.

  • "No fim, logo se vê" se foram quatro anos de uma legislatura perdida
    1:28

    País

    Pedro Passos Coelho acusa o Governo de perder uma legislatura. O presidente do PSD diz que "no fim, logo se vê" se foram ou não quatro anos de oportunidade perdida para o país. No último Conselho Nacional antes das eleições diretas do partido, Passos acusou o Executivo de perder o rumo e apontou os casos do Infarmed e do aumento do preço da água como exemplos de desorientação.

  • Marcelo apoia novo Mecanismo Europeu de Proteção Civil
    0:44

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa considera o novo Mecanismo de Proteção Civil uma ideia muito boa, que tem todo o apoio do Governo e do Presidente da República. Marcelo apenas lamenta que o modelo não existisse durante os incêndios deste ano.