sicnot

Perfil

Mundo

Abbas diz que Israel "destrói" qualquer esperança na solução de dois Estados

Sergei Ilnitsky

O Presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, afirmou esta quinta-feira na Assembleia-geral da ONU que a manutenção dos colonatos israelitas na Cisjordânia, território palestiniano ocupado há quase 50 anos, destrói qualquer esperança de uma solução de dois Estados.

"O que o governo israelita está a fazer ao continuar com a sua colonização expansionista é destruir qualquer possibilidade de uma solução de dois Estados segundo as fronteiras de 1967", declarou Abbas, a partir da tribuna das Nações Unidas.

"Os colonatos são ilegais em todos os seus aspetos", insistiu.

A solução dos dois Estados - a criação de um Estado palestiniano coexistente em paz com Israel - tem sido a peça central dos vários projetos internacionais de regulação do conflito israelo-palestiniano, um dos mais antigos do mundo.

A colonização, a construção de edificações civis em terras ocupadas por Israel desde 1967, tem sido um grande obstáculo para a paz naquela região.

O processo é considerado ilegal pela comunidade internacional, mas tem sido mantido por todos os governos israelitas, incluindo o atual executivo liderado por Benjamin Netanyahu, que figura entre os defensores dos colonatos.

Durante a sua intervenção na 71.ª sessão da Assembleia-geral das Nações Unidas, a decorrer em Nova Iorque, o Presidente da Autoridade Palestiniana prometeu "continuar com todos os esforços" para obter a adoção no Conselho de Segurança da ONU de uma resolução de condenação da colonização e "do terrorismo exercido pelos colonos".

"Estamos envolvidos neste momento em consultas intensivas com países árabes e com outros amigos sobre esta questão", acrescentou.

As anteriores tentativas palestinianas para tentar votar uma resolução no Conselho saíram fracassadas nomeadamente por causa da oposição dos Estados Unidos, membro permanente daquele órgão das Nações Unidas que dispõe de direito de veto.

Abbas lamentou o facto de nenhuma das 12 resoluções do Conselho a condenar a colonização israelita nos territórios palestinianos ocupados tenha sido aplicada, insistindo que isso "encorajou Israel a continuar com os projetos" na Cisjordânia com "toda a impunidade".

Também afirmou por diversas vezes que os palestinianos "nunca irão aceitar que a atual situação continue", sublinhando que o povo palestiniano "nunca irá aceitar uma solução temporária ou provisória".

Mahmud Abbas instou ainda a comunidade internacional a reconhecer a Palestina como um Estado.

"Aqueles que acreditam na solução dos dois Estados devem reconhecer os dois Estados, e não apenas um deles", frisou ainda.

Lusa

  • Inglaterra estreia-se com vitória suada frente à Tunísia

    Mundial 2018 / Tunísia

    A seleção inglesa estreou-se no Mundial 2018 com um triunfo sobre a Tunísia por 2-1, com o golo da vitória a ser apontado já para lá do minuto 90. O jogo foi referente à 1.ª jornada do grupo G. Veja aqui os golos e os lances que marcaram o encontro.

  • O melhor golo do 5.º dia de Mundial

    Desporto

    Numa escolha feita pelos jornalistas de desporto e do site da SIC Notícias, mostramos-lhe o melhor golo deste quinto dia de Mundial. Foi apontado por Dries Mertens, na vitória da Bélgica sobre o Panamá por 3-0.

  • Rui Patrício confirmado no Wolverhampton

    Desporto

    O Wolverhampton anunciou esta segunda-feira a contratação do guarda-redes Rui Patrício, depois da rescisão com o Sporting. O guarda-redes da seleção nacional assinou contrato com o clube inglês por quatro épocas.

    SIC

  • Novo treinador do Sporting diz que mulheres não estão preparadas para falar de futebol
    1:23
  • Salto de Cristiano Ronaldo inspira dança afro-beat

    Desporto

    Uma música humorística afro-beat, publicada nas redes sociais e inspirada nos saltos de Cristiano Ronaldo quando marca golos, está a ser replicada na internet com dezenas de coreografias filmadas, muitas das quais em França.

  • Ronaldo no País dos Sovietes: As religiões praticadas na Rússia
    1:55
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Merkel tem duas semanas para negociar solução para crise migratória

    Mundo

    A chanceler alemã tem duas semanas para negociar com os parceiros europeus uma solução para a questão migratória e assim evitar uma crise política. O ultimato foi dado pelo CSU, o partido da Baviera que integra a coligação governamental. Ao contrário de Angela Merkel, defende uma política para os refugiados mais estrita.

  • Pai de Meghan Markle lamenta ser "nota de rodapé" no casamento real
    2:03
  • Quando as crianças fazem das suas... os pais é que pagam

    Mundo

    Quando as crianças fazem das suas, restam os pais para as castigar ou, em alguns casos, para sofrer as consequências desses atos. Quem o pode dizer é um casal norte-americano, que recebeu uma fatura de 132 mil dólares (cerca de 114 mil euros), depois de o filho ter derrubado uma estátua num centro comunitário.

    SIC