sicnot

Perfil

Mundo

Menino escreve carta a Obama porque quer ajudar criança síria

Recorda-se da imagem de uma criança Síria sentada numa ambulância com o corpo coberto de pó e a cara ensanguentada? Alex, um menino norte-americano de 6 anos, não só não se esqueceu, como quer ajudá-la. Para isso escreveu uma carta a Barack Obama, pedindo que o Presidente vá buscar Omran, de quem se conheceu a identidade, e o deixe em sua casa.

O pequeno Alex deixou as devidas instruções: "Estacione na entrada ou na rua e nós vamos estar à vossa espera com bandeiras, flores e balões. Vamos dar-he uma família e ele vai ser o nosso irmão". A descrição da vida que o rapaz sonha para o menino sírio continua e é impossível não ficar indiferente.

"Na minha escola eu tenho um amigo da Síria e eu vou apresentá-lo aos outros meus amigos e podemos brincar todos juntos" e continua: "Por favor, diga-lhe que o seu irmão vai ser o Alex, que é um rapaz muito simpático, tal como ele".

Barack Obama concorda. "Estas são as palavras de um menino de 6 anos, que não aprendeu a ser cínico, desconfiado ou medroso. Devíamos todos ser como o Alex."

Omran Daqneesh, de cinco anos, sobreviveu a um ataque aéreo em Alepo, Síria, em agosto deste ano. A imagem do menino, sentado numa ambulância emocionou o mundo.

O melhor mesmo é ver o vídeo, publicado por Barack Obama na sua página oficial do Facebook.

Esta é a carta que está a ficar famosa, depois de o Presidente dos Estados Unidos partilhar nas Nações Unidas, na cimeira sobre os refugiados.

  • Incêndio em fábrica de congelados em Viseu continua ativo
    0:29

    País

    O incêndio que deflagrou esta manhã numa fábrica de produtos congelados em Viseu continua ativo no pavilhão principal. De acordo com o segundo comandante dos Bombeiros Municipais de Viseu, trata-se de um trabalho "demorado e difícil porque a estrutura está abalada". Contudo, os bombeiros conseguiram que o fogo não se propagasse a outros edifícios.

  • Nova fábrica de medicamentos inaugurada na Amadora
    1:36

    País

    Uma nova fábrica de produção de fármacos foi inaugurada esta terça-feira, na Amadora. O espaço dedica-se em exclusivo à produção de um medicamento inovador, para o tratamento do excesso de potássio no sangue.