sicnot

Perfil

Mundo

ONU pede reforço da segurança nos aeroportos face ao terrorismo

O Conselho de Segurança da ONU aprovou esta quinta-feira uma resolução que defende o reforço da segurança nos aeroportos e aviões face à ameaça do terrorismo.

No decurso de uma reunião de ministros, o órgão máximo de decisão das Nações Unidas abordou pela primeira vez o assunto e sublinhou a importância de reforçar os padrões internacionais e assegurar a sua adequada aplicação em todos os países.

A resolução implica uma importante mensagem aos governos para que trabalhem com a Organização de Aviação Civil Internacional (OACI) numa revisão das atuais normas.

Entre outras medidas necessárias, o texto menciona os controlos de segurança, o controlo dos empregados com acesso a instalações aeroportuárias e as novas tecnologias que permitem detetar explosivos e outras ameaças.

Nesse sentido, apela ao aumento da cooperação entre países à partilha de informação pelos que dispõem de melhores sistemas.

Os Estados-membros advertem que "os grupos terroristas continuam a considerar a aviação civil como um objetivo atrativo, com o objetivo de custar substanciais perdas de vidas e danos económicos".

O texto, entre outras recomendações, pede aos países da ONU que "exijam às companhias aéreas que operam nos seus territórios informação atempada às autoridades nacionais competentes sobre os passageiros".

O Reino Unido impulsionou a adoção desta resolução após os recentes ataques nos aeroportos de Bruxelas e Istambul, ou à explosão de um avião que sobrevoava o Egito.

A resolução foi aprovada pelos 15 países que integram o Conselho de Segurança, um consenso que na perspetiva do secretário para a Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jeh Johnson, "demonstra que é uma questão grave e urgente".

O chefe da diplomacia britânica, Boris Johnson, recordou que o tráfego aéreo civil transporta anualmente três mil milhões de pessoas, e recordou tratar-se da primeira resolução da ONU "em toda a sua história" que se centra neste tema.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.