sicnot

Perfil

Mundo

Polícia que abateu negro desarmado em Oklahoma acusada de homicídio involuntário

© Handout . / Reuters

Uma polícia norte-americana, que abateu um afro-americano não armado no Estado de Oklahoma, foi acusada esta quinta-feira de homicídio involuntário, num contexto de debate nacional sobre os abusos das forças de ordem em relação aos afro-americanos.

As acusações dirigidas contra Betty Shelby foram anunciadas quando, no outro extremo dos EUA, decorre na cidade de Charlotte um violento movimento de protesto desencadeado pela morte de um negro, igualmente morto a tiro pela polícia.

A agente policial "é visada por um mandado de detenção", especificou em conferência de imprensa o procurador Steve Kunzweiler.

Shelby é acusada de ter disparado sobre um homem, Terence Crutcher, que estava sob a mira de armas de vários polícias, depois de se ter deslocado até ao seu veículo comas mãos no ar.

A cena, que ocorreu na sexta-feira numa estrada do Oklahoma, no sul dos EUA, foi filmada sob dois ângulos diferentes por câmaras instaladas num helicóptero e numa viatura da polícia.

Segundo os documentos registados no tribunal de Tulsa e consultados pela agência noticiosa AFP, Shelby sentiu-se ameaçada por Crutcher, apesar de não ter sido encontrada qualquer arma na sua posse ou na sua viatura.

A morte de Terence Crutcher veio somar-se a vários casos parecidos de brutalidades policiais contra negros não armados nos últimos dois anos.

Em Charlotte, no Estado da Carolina do Norte, as autoridades apelaram esta quinta-feira ao envio de reforços de militares da Guarda Nacional, para conter os manifestantes que denunciam desde a noite de terça-feira o homicídio de um negro por um polícia.

Lusa

  • Distúrbios após morte de afro-americano pela polícia na Carolina do Norte
    2:26

    Mundo

    A cidade norte-americana de Charlotte, na Carolina do Norte, foi palco de distúrbios durante a noite, depois da morte, na terça-feira, de Keith Lamont Scott, um afro-americano de 43 anos baleado horas antes pela polícia. Nos Estados Unidos, prossegue a polémica sobre a violência policial, em especial contra negros. Só desde sexta-feira foram mortos dois homens, um em Oklahoma e outro na Carolina do Norte.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.