sicnot

Perfil

Mundo

Polícia que abateu negro desarmado em Oklahoma acusada de homicídio involuntário

© Handout . / Reuters

Uma polícia norte-americana, que abateu um afro-americano não armado no Estado de Oklahoma, foi acusada esta quinta-feira de homicídio involuntário, num contexto de debate nacional sobre os abusos das forças de ordem em relação aos afro-americanos.

As acusações dirigidas contra Betty Shelby foram anunciadas quando, no outro extremo dos EUA, decorre na cidade de Charlotte um violento movimento de protesto desencadeado pela morte de um negro, igualmente morto a tiro pela polícia.

A agente policial "é visada por um mandado de detenção", especificou em conferência de imprensa o procurador Steve Kunzweiler.

Shelby é acusada de ter disparado sobre um homem, Terence Crutcher, que estava sob a mira de armas de vários polícias, depois de se ter deslocado até ao seu veículo comas mãos no ar.

A cena, que ocorreu na sexta-feira numa estrada do Oklahoma, no sul dos EUA, foi filmada sob dois ângulos diferentes por câmaras instaladas num helicóptero e numa viatura da polícia.

Segundo os documentos registados no tribunal de Tulsa e consultados pela agência noticiosa AFP, Shelby sentiu-se ameaçada por Crutcher, apesar de não ter sido encontrada qualquer arma na sua posse ou na sua viatura.

A morte de Terence Crutcher veio somar-se a vários casos parecidos de brutalidades policiais contra negros não armados nos últimos dois anos.

Em Charlotte, no Estado da Carolina do Norte, as autoridades apelaram esta quinta-feira ao envio de reforços de militares da Guarda Nacional, para conter os manifestantes que denunciam desde a noite de terça-feira o homicídio de um negro por um polícia.

Lusa

  • Distúrbios após morte de afro-americano pela polícia na Carolina do Norte
    2:26

    Mundo

    A cidade norte-americana de Charlotte, na Carolina do Norte, foi palco de distúrbios durante a noite, depois da morte, na terça-feira, de Keith Lamont Scott, um afro-americano de 43 anos baleado horas antes pela polícia. Nos Estados Unidos, prossegue a polémica sobre a violência policial, em especial contra negros. Só desde sexta-feira foram mortos dois homens, um em Oklahoma e outro na Carolina do Norte.

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.