sicnot

Perfil

Mundo

Polícia que abateu negro desarmado em Oklahoma acusada de homicídio involuntário

© Handout . / Reuters

Uma polícia norte-americana, que abateu um afro-americano não armado no Estado de Oklahoma, foi acusada esta quinta-feira de homicídio involuntário, num contexto de debate nacional sobre os abusos das forças de ordem em relação aos afro-americanos.

As acusações dirigidas contra Betty Shelby foram anunciadas quando, no outro extremo dos EUA, decorre na cidade de Charlotte um violento movimento de protesto desencadeado pela morte de um negro, igualmente morto a tiro pela polícia.

A agente policial "é visada por um mandado de detenção", especificou em conferência de imprensa o procurador Steve Kunzweiler.

Shelby é acusada de ter disparado sobre um homem, Terence Crutcher, que estava sob a mira de armas de vários polícias, depois de se ter deslocado até ao seu veículo comas mãos no ar.

A cena, que ocorreu na sexta-feira numa estrada do Oklahoma, no sul dos EUA, foi filmada sob dois ângulos diferentes por câmaras instaladas num helicóptero e numa viatura da polícia.

Segundo os documentos registados no tribunal de Tulsa e consultados pela agência noticiosa AFP, Shelby sentiu-se ameaçada por Crutcher, apesar de não ter sido encontrada qualquer arma na sua posse ou na sua viatura.

A morte de Terence Crutcher veio somar-se a vários casos parecidos de brutalidades policiais contra negros não armados nos últimos dois anos.

Em Charlotte, no Estado da Carolina do Norte, as autoridades apelaram esta quinta-feira ao envio de reforços de militares da Guarda Nacional, para conter os manifestantes que denunciam desde a noite de terça-feira o homicídio de um negro por um polícia.

Lusa

  • Distúrbios após morte de afro-americano pela polícia na Carolina do Norte

    Mundo

    A cidade norte-americana de Charlotte, na Carolina do Norte, foi palco de distúrbios durante a noite, depois da morte, na terça-feira, de Keith Lamont Scott, um afro-americano de 43 anos baleado horas antes pela polícia. Nos Estados Unidos, prossegue a polémica sobre a violência policial, em especial contra negros. Só desde sexta-feira foram mortos dois homens, um em Oklahoma e outro na Carolina do Norte.

  • Atletas em protesto pela justiça racial

    Desporto

    Os atletas norte-americanos têm protagonizado momentos de protesto antes e durante os jogos. Na passada semana, foram vários os que se ajoelharam durante o hino nacional, em protesto contra a brutalidade das autoridades norte-americanas e a injustiça racial. Contudo, estes protestos não são tão incomuns. Em 2014, vários atletas, como LeBron James e Kobe Bryant, vestiram uma camisola de apoio à família de Eric Garner, um jovem negro morto por um polícia dos Estados Unidos da América.

  • As derrotas, as vitórias e os empates

    Liga Europa

    A Liga Europa já mexe. Na 2ª jornada, o Sporting de Braga foi à Ucrânia perder, por 2-0, com o Shakhtar Donetsk. Já José Mourinho, regressou às vitórias ao bater o Zorya, por 1-0. Paulo Bento não teve a mesma sorte e viu o Olympiacos perder em casa com os cipriotas do APOEL. Pode rever aqui os resumos dos jogos da 2ª jornada da Liga Europa.

  • "Tengo ganas de ir a Fátima"
  • Sim ou não ao fim do sigilo bancário?

    Economia

    O fim do sigilo bancário para os contribuintes com mais de 50 mil euros está a causar polémica. Há quem diga que pode levar a uma retirada de dinheiro dos bancos, mas os trabalhadores dos impostos defendem que a medida é indispensável para o combate à fraude.

  • Da minha janela, Lisboa