sicnot

Perfil

Mundo

Segundo bisonte europeu encontrado decapitado em Espanha

© Bogdan Cristel / Reuters

Um segundo bisonte europeu foi encontrado decapitado no espaço de uma semana num parque natural da Comunidade Valenciana, em Espanha, levando a polícia a abrir um inquérito ao mistério.

A morte do segundo bisonte europeu assemelha-se à de Sauron, o macho dominante da manada com 660 quilos, encontrado morto e decapitado na semana passada no Parque privado de Valdeserrillas, na Comunidade Valenciana.

Um representante do governo naquela comunidade autónoma confirmou que o segundo animal foi decapitado depois de morto.

"Ou morreu de morte natural, ou foi envenenado antes de ter sido decapitado com um machado", explicou.

O bisonte europeu, o maior mamífero terrestre em estado selvagem do continente europeu, era comum na Europa, mas foi caçado até à extinção, oficialmente em 1927, de acordo com o Fundo Mundial para a Natureza (World Wildlife Fund).

Nenhum dos bisontes encontrados mortos tinha feridas de bala. O porta-voz da reserva valenciana, Rodolfo Navarro, declarou à France Presse que suspeitava que Sauron tenha sido envenenado e decapitado por caçadores que queriam a cabeça como troféu.

Na mesma altura em que descobriram o corpo de Sauron, os elementos do parque deram pela falta de três outros animais pertencentes à mesma manada. Os funcionários do parque pensavam que os três bisontes poderiam estar escondidos, quer por estarem assustados quer por estarem doentes.

Este segundo bisonte encontrado morto é um desses três. Os dois outros foram encontrados vivos.

A polícia abriu uma investigação às duas mortes.

Os donos da reserva querem introduzir bisontes fêmeas no parque no final deste ano, para tentar fazer com que a manada se reproduza.

O bisonte europeu tem vindo a ser reintroduzido, nas últimas décadas, em estado selvagem em toda a Europa. A população global de bisonte europeu ascende a cerca de 5.500 animais, de acordo com a WWF.

Lusa

  • Parque Nacional sacrifica cria de bisonte após ser salva do frio por turistas

    Mundo

    As intenções eram boas, mas o resultado não podia ser pior para uma cria de bisonte. Dois turistas, pai e filho passeavam pelo Parque Yellowstone viram o animal a tremer. Pensaram que o bisonte estaria com frio e em perigo e que, por isso, deveria ser resgatado. Resultado: a cria foi rejeitada pela mãe e pela manada. Porque a sua vida estava em risco, as autoridades do Parque Nacional de Yellowstone decidiram sacrificá-la.

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.