sicnot

Perfil

Mundo

Segundo bisonte europeu encontrado decapitado em Espanha

© Bogdan Cristel / Reuters

Um segundo bisonte europeu foi encontrado decapitado no espaço de uma semana num parque natural da Comunidade Valenciana, em Espanha, levando a polícia a abrir um inquérito ao mistério.

A morte do segundo bisonte europeu assemelha-se à de Sauron, o macho dominante da manada com 660 quilos, encontrado morto e decapitado na semana passada no Parque privado de Valdeserrillas, na Comunidade Valenciana.

Um representante do governo naquela comunidade autónoma confirmou que o segundo animal foi decapitado depois de morto.

"Ou morreu de morte natural, ou foi envenenado antes de ter sido decapitado com um machado", explicou.

O bisonte europeu, o maior mamífero terrestre em estado selvagem do continente europeu, era comum na Europa, mas foi caçado até à extinção, oficialmente em 1927, de acordo com o Fundo Mundial para a Natureza (World Wildlife Fund).

Nenhum dos bisontes encontrados mortos tinha feridas de bala. O porta-voz da reserva valenciana, Rodolfo Navarro, declarou à France Presse que suspeitava que Sauron tenha sido envenenado e decapitado por caçadores que queriam a cabeça como troféu.

Na mesma altura em que descobriram o corpo de Sauron, os elementos do parque deram pela falta de três outros animais pertencentes à mesma manada. Os funcionários do parque pensavam que os três bisontes poderiam estar escondidos, quer por estarem assustados quer por estarem doentes.

Este segundo bisonte encontrado morto é um desses três. Os dois outros foram encontrados vivos.

A polícia abriu uma investigação às duas mortes.

Os donos da reserva querem introduzir bisontes fêmeas no parque no final deste ano, para tentar fazer com que a manada se reproduza.

O bisonte europeu tem vindo a ser reintroduzido, nas últimas décadas, em estado selvagem em toda a Europa. A população global de bisonte europeu ascende a cerca de 5.500 animais, de acordo com a WWF.

Lusa

  • Parque Nacional sacrifica cria de bisonte após ser salva do frio por turistas

    Mundo

    As intenções eram boas, mas o resultado não podia ser pior para uma cria de bisonte. Dois turistas, pai e filho passeavam pelo Parque Yellowstone viram o animal a tremer. Pensaram que o bisonte estaria com frio e em perigo e que, por isso, deveria ser resgatado. Resultado: a cria foi rejeitada pela mãe e pela manada. Porque a sua vida estava em risco, as autoridades do Parque Nacional de Yellowstone decidiram sacrificá-la.

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.