sicnot

Perfil

Mundo

Vice-presidente dos EUA encontra-se com Michel Temer para aprofundar cooperação

© Reuters

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joseph Biden, reuniu-se na quarta-feira, em Nova Iorque, com o Presidente do Brasil, Michel Temer, e ambos acordaram "aprofundar" a cooperação bilateral depois da crise política no país sul-americano.

O encontro foi o de mais elevado nível entre o Brasil e os Estados Unidos desde que terminou o julgamento político que resultou na destituição de Dilma Rousseff e na tomada de posse de Temer, a 31 de agosto.

Biden e Temer reuniram-se para "renovar a sua amizade e dialogar sobre oportunidades de aprofundar a cooperação entre Estados Unidos e Brasil", indicou a Casa Branca em comunicado.

"O vice-presidente felicitou o Presidente Temer pelo seu compromisso em manter o papel de liderança regional e global do Brasil durante o recente período de mudança política" no país, acrescentou.

Os dois conversaram sobre "as perspetivas de reforma energética e a modernização económica" no Brasil, além de se comprometerem a "trabalhar juntos para promover uma migração legal e ordenada no hemisfério e aprofundar a cooperação na América Central e Haiti".

"O vice-presidente e o Presidente Temer acordaram manter-se em contacto regular e trabalhar juntos para promover a boa governação, segurança e prosperidade em todo o hemisfério", concluiu a Casa Branca.

Ao longo do processo contra Rousseff, os Estados Unidos expressaram "confiança na durabilidade das instituições democráticas" do país "para superar esta agitação política", sem se juntarem às críticas de outras nações da América latina ao processo contra a ex-presidente.

Lusa

  • Governo garante posição de princípio contra mexidas nos cinco escalões do IRS

    Economia

    Sobre as alterações no IRS, uma mexida nos escalões significa uma perda de receita de centenas de milhões de euros. Fontes do governo garantiram à SIC que nada está fechado, mas que há uma posição de princípio contra mexidas nos cinco escalões atuais. Do lado dos parceiros, em particular do PCP, há avisos sobre o pacote fiscal e sobre o aumento das pensões.