sicnot

Perfil

Mundo

Vice-presidente dos EUA encontra-se com Michel Temer para aprofundar cooperação

© Reuters

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joseph Biden, reuniu-se na quarta-feira, em Nova Iorque, com o Presidente do Brasil, Michel Temer, e ambos acordaram "aprofundar" a cooperação bilateral depois da crise política no país sul-americano.

O encontro foi o de mais elevado nível entre o Brasil e os Estados Unidos desde que terminou o julgamento político que resultou na destituição de Dilma Rousseff e na tomada de posse de Temer, a 31 de agosto.

Biden e Temer reuniram-se para "renovar a sua amizade e dialogar sobre oportunidades de aprofundar a cooperação entre Estados Unidos e Brasil", indicou a Casa Branca em comunicado.

"O vice-presidente felicitou o Presidente Temer pelo seu compromisso em manter o papel de liderança regional e global do Brasil durante o recente período de mudança política" no país, acrescentou.

Os dois conversaram sobre "as perspetivas de reforma energética e a modernização económica" no Brasil, além de se comprometerem a "trabalhar juntos para promover uma migração legal e ordenada no hemisfério e aprofundar a cooperação na América Central e Haiti".

"O vice-presidente e o Presidente Temer acordaram manter-se em contacto regular e trabalhar juntos para promover a boa governação, segurança e prosperidade em todo o hemisfério", concluiu a Casa Branca.

Ao longo do processo contra Rousseff, os Estados Unidos expressaram "confiança na durabilidade das instituições democráticas" do país "para superar esta agitação política", sem se juntarem às críticas de outras nações da América latina ao processo contra a ex-presidente.

Lusa

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06