sicnot

Perfil

Mundo

Menino de três anos sobrevive sozinho durante 72 horas na floresta siberiana

Tuva Online

Um menino de três anos sobreviveu sozinho durante três dias numa floresta na Sibéria. Tserin Dopchut passou por temperaturas abaixo de zero na floresta de Taiga, onde existem ursos, lobos e rios muito perigosos. A criança estava desaparecida desde domingo e, agora, chama-lhe Mogli, como o menino de O Livro da Selva.

O menino vive em Khut, uma pequena cidade no sul da Sibéria. Aos cuidados da avó, Tserin Dopchut estava a brincar na rua quando começou a seguir um cão no domingo, acabando por desaparecer sem deixar rastro.

O desaparecimento foi logo reportado às autoridades e as buscas começaram. Mais de 100 pessoas, incluindo voluntários da cidade de Khut, procuraram pelo menino, assim como foi enviado um helicóptero para ajudar nas buscas.

Sholban Kara-ool Facebook

A criança não estava preparada o suficiente para enfrentar os perigos da floresta, ainda mais por ter apenas três anos. Contudo, o menino conseguiu desenvencilhar-se, ao alimentar-se com os chocolates que tinha e ao arranjar um local seguro para dormir debaixo de uma árvore.

Sholban Kara-ool Facebook

Tserin Dopchut foi encontrado na quarta-feira, apenas a três quilómetros da cidade onde vivia.

Há quem lhe chame Mogli pelo seu feito. O facto é que os quase 400 locais da Khut prepararam uma festa para celebrar a capacidade de sobrevivência do "pequeno Mogli".

O líder da República de Tuva Sholban Kara-ool recorreu ao Facebook para contar a história do menino e para partilhar algumas imagens.

  • Mais de 2 mil bombeiros combatem as chamas esta manhã

    País

    Mais de 2 mil bombeiros combatem esta manhã os incêndios em Portugal continental. Os dois fogos de maiores dimensões lavram nos distritos de Santarém e Castelo Branco, de acordo com o site Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

    Em atualização

  • Incêndios causaram 76 feridos no espaço de uma semana
    0:34

    País

    No espaço de uma semana, 76 pessoas ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, durante os incêndios florestais. Na conferência de imprensa desta tarde, a Proteção Civil explicou que há cinco planos municipais de emergência ativos por causa das chamas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.