sicnot

Perfil

Mundo

Menino de três anos sobrevive sozinho durante 72 horas na floresta siberiana

Tuva Online

Um menino de três anos sobreviveu sozinho durante três dias numa floresta na Sibéria. Tserin Dopchut passou por temperaturas abaixo de zero na floresta de Taiga, onde existem ursos, lobos e rios muito perigosos. A criança estava desaparecida desde domingo e, agora, chama-lhe Mogli, como o menino de O Livro da Selva.

O menino vive em Khut, uma pequena cidade no sul da Sibéria. Aos cuidados da avó, Tserin Dopchut estava a brincar na rua quando começou a seguir um cão no domingo, acabando por desaparecer sem deixar rastro.

O desaparecimento foi logo reportado às autoridades e as buscas começaram. Mais de 100 pessoas, incluindo voluntários da cidade de Khut, procuraram pelo menino, assim como foi enviado um helicóptero para ajudar nas buscas.

Sholban Kara-ool Facebook

A criança não estava preparada o suficiente para enfrentar os perigos da floresta, ainda mais por ter apenas três anos. Contudo, o menino conseguiu desenvencilhar-se, ao alimentar-se com os chocolates que tinha e ao arranjar um local seguro para dormir debaixo de uma árvore.

Sholban Kara-ool Facebook

Tserin Dopchut foi encontrado na quarta-feira, apenas a três quilómetros da cidade onde vivia.

Há quem lhe chame Mogli pelo seu feito. O facto é que os quase 400 locais da Khut prepararam uma festa para celebrar a capacidade de sobrevivência do "pequeno Mogli".

O líder da República de Tuva Sholban Kara-ool recorreu ao Facebook para contar a história do menino e para partilhar algumas imagens.

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.