sicnot

Perfil

Mundo

Polícia brasileira prende português procurado pela Interpol por crimes financeiros

A Polícia Federal do Brasil prendeu esta sexta-feira, em São Paulo, um português procurado por crimes financeiros cometidos em Portugal, que estava inscrito na lista da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol).

"Policiais federais que atuam na Representação Regional da Interpol em São Paulo cumpriram na manhã de hoje um mandado de prisão em desfavor de um cidadão português procurado por crimes financeiros cometidos em seu país de origem entre 2002 e 2004. Ele estava inscrito na difusão vermelha da Interpol, de foragidos internacionais", lê-se em nota da Polícia Federal.

O mandado, acrescentou a mesma fonte, "decorre de sentença condenatória de oito anos de prisão, expedida em 2013 pela Justiça portuguesa".

"O estrangeiro de 44 anos reside há quatro anos no Brasil. Desde 2007, a sua primeira vinda ao país, vinha fazendo investimentos no Brasil, no ramo de lubrificantes, em que trabalhava como empresário", segundo a força policial brasileira.

"Após a localização do foragido na cidade de Guarulhos, grande São Paulo", ele foi "preso na sua residência" e agora permanecerá sob "custódia da Polícia Federal, à disposição da Justiça, enquanto aguarda o fim do processo de extradição para Portugal", avançou a mesma fonte.

Contactada pela agência Lusa, a Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo disse que não podia avançar o nome do cidadão em causa e não especificou quais os crimes financeiros de que é acusado.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.