sicnot

Perfil

Mundo

Bombardeamentos russos e sírios deixam Alepo sem água

Bombardeamentos russos e sírios deixam Alepo sem água

Pelo menos 32 pessoas morreram nas últimas horas na Síria, onde as tropas governamentais apertaram o cerco a Alepo. A ofensiva terrestre para recuperar as áreas controladas pela oposição já dura há vários dias. Os rebeldes dizem nas redes sociais que a comunidade internacional está em silêncio perante as atrocidades cometidas polo regime. A cidade de Alepo ficou sem água canalizada devido aos bombardeamentos desta semana.

  • PS volta a subir nas intenções de voto, PSD é o que mais perde
    1:51