sicnot

Perfil

Mundo

Ajuda humanitária chega a quatro localidades sírias

© Omar Sanadiki / Reuters

Um comboio de ajuda humanitária constituído por 71 camiões conseguiu este domingo chegar às localidades sírias sitiadas de Madaya e Zabadani, nos arredores de Damasco, e a Fua e Kefraya, no norte, pela primeira vez desde abril.

O Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) confirmou à agência noticiosa Efe que o comboio humanitário, organizado por esta organização, pelo Crescente Vermelho e a ONU, conseguiu entregar a ajuda humanitária, composto por alimentos, medicamentos e produtos higiénicos às populações.

Em Madaya, com 40.000 habitantes, e em Zadani, com apenas mil moradores, chegaram 52 camiões com ajuda.

Os restantes veículos destinavam-se a Fua e Kefraya, que contam cerca de 20.000 habitantes, as duas localidades.

Madaya e Zabadani, na periferia de Damasco, estão cercadas pelas tropas do regime desde há um ano, enquanto as localidades xiitas de Fua e Kefraya, se encontram cercadas, também desde o ano passado, por fações armadas que controlam quase toda a província de Idlep.

Os levantamentos dos cercos armados das localidades sírias, e a distribuição humanitárias sem quaisquer restrições, nem condições, são exigências fundamentais da oposição síria, assim como da ONU.

Lusa

  • Bombardeamentos russos e sírios deixam Alepo sem água
    1:49

    Mundo

    Pelo menos 32 pessoas morreram nas últimas horas na Síria, onde as tropas governamentais apertaram o cerco a Alepo. A ofensiva terrestre para recuperar as áreas controladas pela oposição já dura há vários dias. Os rebeldes dizem nas redes sociais que a comunidade internacional está em silêncio perante as atrocidades cometidas polo regime. A cidade de Alepo ficou sem água canalizada devido aos bombardeamentos desta semana.

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.