sicnot

Perfil

Mundo

França afirma que estão a ser cometidos crimes de guerra em Alepo

© Abdalrhman Ismail / Reuters

O representante francês nas Nações Unidas afirmou este domingo que estão a ser cometidos crimes de guerra na cidade síria de Alepo, antes do início de uma reunião de emergência do Conselho de Segurança das ONU.

O embaixador francês François Delattre sublinhou que os crimes "não devem ficar impunes" e acusou o regime sírio e os aliados russos de prosseguirem uma solução militar na Síria e de se servirem das negociações como uma "cortina de fumo".

Por seu turno, o ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Jean-Marc Ayrault, pediu à Rússia e ao Irão que deixem de apoiar a estratégia do regime sírio ou "serão cúmplices dos crimes de guerra cometidos em Alepo".

Num comunicado difundido pouco antes do início da reunião do Conselho de Segurança, o chefe da diplomacia francesa alertou para a grave situação da cidade e acusou o regime de Bashar al-Assad de estar a empreender "uma escalada militar".

O ministro recordou que a reunião foi convocada a pedido da França, Estados Unidos e Reino Unido e afirmou que deve contribuir para "um cessar imediato das hostilidades, a começar por Alepo, permitindo à população que aceda à ajuda humanitária de que precisa".

Pelo menos 115 pessoas, sobretudo civis, morreram devido aos bombardeamentos sírios e russos sobre a parte oriental de Alepo desde que o exército anunciou na quinta-feira uma operação para recuperar aquela área da cidade atualmente controlada por rebeldes, segundo o Observatório sírio para os Direitos Humanos.

Lusa

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27