sicnot

Perfil

Mundo

Suíços aprovam hoje aumento do controlo dos serviços secretos sobre os cidadãos

© Christian Hartmann / Reuters

Os suíços deverão aprovar hoje em referendo o aumento da capacidade dos serviços secretos de inteligência e vigilância do país para controlar a vida privada dos cidadãos com o objetivo de reforçar a luta contra o terrorismo, segundo várias sondagens.

De acordo com a pesquisa do jornal Le Temps, a iniciativa deverá ter o apoio de 66% dos eleitores.

Os helvéticos deverão assim permitir que as autoridades monitorizem as comunicações (contactos telefónicos e por correio eletrónico) e a colocar câmaras ou microfones, entre outras coisas, em suspeitos, sempre com a autorização prévia das autoridades judiciais e executivas do país.

A lei permitirá que seja vigiada uma pessoa que regressou de um lugar com ativistas radicais islâmicos, supostos espias ou grupos armados estrangeiros.

Até à data, a legislação suíça em vigor prevê que as autoridades só podem usar as informações que estão disponíveis de forma pública ou obtidas a partir de outros serviços de inteligência estrangeiros.

As autoridades do país argumentam que a nova regulação não vai tão longe como em países mais rígidos, como os Estados Unidos.

Já aqueles que se opõem argumentam que pode minar a 'sacrossanta' neutralidade helvética ao permitir a cooperação mais estreita com serviços de inteligência exteriores.

A nova lei foi aprovada o ano passado, mas não foi executada porque os seus opositores convocaram um referendo para o revogar, o que falharam.

Além disso, também hoje, os suíços rejeitaram uma iniciativa destinada a reduzir o consumo de recursos naturais do país para um máximo que é sustentável para proteger o meio ambiente hoje, assim como se opuseram a um plano que visava aumentar as pensões dos aposentados, com mais de 60% dos votos em ambos os casos, também segundo sondagens do Le Temps.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura durante a noite. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vitima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.