sicnot

Perfil

Mundo

Ex-responsável do FMI espanhol começa a ser julgado hoje

Começou hoje em Madrid o julgamento do antigo chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI) espanhol Rodrigo Rato, acusado de desvio de apropriação indevida quando dirigiu o banco Bankia, resgatado com fundos públicos.

O ex-chefe do FMI foi recebido com protestos no tribunal onde vai responder pelo alegado desvio de cartões de crédito corporativos, emitidos pelo grupo Bankia de Espanha.

Rodrigo Rato foi chefe do FMI entre 2004 e 2007 e uma importante figura dos governos do PP em Espanha, onde chegou a ser ministro da Economia entre 1996 e 2004.

  • Ex-vice-presidente do Governo de Aznar suspeito de fraude fiscal
    4:05

    Mundo

    A justiça espanhola apertou o cerco a Rodrigo Rato, antigo homem forte do Governo conservador de José Maria Aznar e antigo diretor do FMI. Rato está indiciado por branqueamento de capitais e de fraude fiscal e viu esta semana todas as contas bancárias congeladas. São mais de 70, em 13 bancos, a maioria espanhóis. O jornal Correio da Manhã garante que 3 dessas contas são do BES.

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".