sicnot

Perfil

Mundo

Restaurada primeira gravação de música por computador

Reuters

Foi recuperada na Nova Zelândia a primeira gravação de música gerada por computador, criada em 1951.

O artefacto auditivo, que abriu caminho aos sintetizadores e à eletrónica moderna, começa com o hino britânico e foi criado pelo "pai da computação e da informática" Alan Turing.

Investigadores da Universidade de Canterbury dizem que Turing - que descodificou o Códigos Enigma usado pelos nazis na II Guerra Mundial - era também um pioneiro na música.

A gravação agora recuperada foi feita há 65 anos, numa unidade da BBC no Laboratório Computacional de Manchester, no Reino Unido.

A máquina, que preenchia grande parte do piso térreo do laboratório, foi usada para gerar três melodias: "God Save the King", "Baa Baa Black Sheep" e "In the Mood" de Glenn Miller.

Ao analisar o disco de acetato, o professor Jack Copeland e o compositor Jason Long descobriram, porém, que o som estava distorcido.

"As frequências na gravação não eram precisas. A gravação deu, na melhor das hipóteses, uma impressão aproximada de como soava o computador", afirmaram.

Os investigadores restauraram o artefacto auditivo, fazendo alguns ajustes na velocidade do áudio, de forma a compensar o deswquilíbrio na gravação e filtrando o ruído externo.

"Foi um belo momento quando ouvimos pela primeira vez o som do computador de Turing", afirmaram Copeland e Long num post publicado no portal da Biblioteca Britânica.

Turing foi um cientista da computação, filósofo e criptologista que desempenhou um papel fundamental ao resolver o enigma nazi.

O fime "O jogo da imitação", vencedor de um Óscar pelo melhor argumento adaptado, retrata parte da vida deTuring, condenado por homossexualidade e submetido à castração química. Em 1954, suicidou-se, aos 41 anos. Em 2013, a rainha Isabel II concedeu-lhe o perdão a título póstumo, após uma longa campanha.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08